expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Seguidores

quarta-feira, 25 de abril de 2012

Actor sul coreano afirma que viveu com fantasmas por dois anos



O ator sul coreano Choi Min Soo recentemente partilhou algumas histórias assustadoras sobre sua experiência com fantasmas com os apresentadores e telespectadores do programa Radio Star.

O ator no programa Rádio Star de 18 de abril da rádio MBC confessou que, embora vivendo em isolamento durante os últimos dois anos, estava acompanhado por fantasmas. 

Em seguida, ele surpreendeu os apresentadores, dizendo: "Tem um fantasma aqui no estúdio".

"Quando acordei e abri os olhos, tinha um fantasma a olhar fixamente para mim. Eles até mesmo copiam minhas ações. Sempre que fazem barulho, eu falo para ficarem quietos! " e eles obedecem".

Ele continuou: "Um dia, meu ombro, de repente, começou a doer, então fui para uma sessão de acupuntura. No entanto, descobri por um xamã que havia realmente um fantasma pressionando o meu ombro para baixo".

fonte: allkpop

Papa abre inquérito a fugas de informação no Vaticano



Bento XVI estabeleceu uma comissão de inquérito para "fazer luz" sobre as fugas de informações confidenciais no Vaticano desde o início do ano.

"Na sequência da recente divulgação pela televisão, imprensa e outros media, de documentos protegidos pelo segredo profissional, o Papa ordenou a constituição de uma comissão de inquérito com autoridade para fazer luz sobre tais acontecimentos", indicou o Vaticano num comunicado.

Esta comissão, composta por três cardeais com idades superiores a 80 anos, já se reuniu a 24 de abril para "estabelecer o seu método e um calendário de trabalho".

A 16 de março, L'Osservatore Romano, diário oficial da Santa Sé, anunciara a criação desta comissão superior bem como a abertura de um inquéritoda secretaria de Estado a "todos os organismos da Santa Sé".

Documentos confidenciais contendo acusações de corrupção na gestão do Vaticano, na aplicação dos regulamentos anti-branqueamento da sua banca, no instituto para as obras da religião e sobre uma alegada conspiração contra o Papa que desde o início do ano já foram primeira página em vários jornais italianos.

fonte: DN

terça-feira, 24 de abril de 2012

Vampiro do Linhó: “Quero provar o teu sangue"

Sintra: Bruno Gaspar estrangulou duas vítimas na enfermaria da prisão



‘Vampiro do Linhó’ matou e bebeu sangue de reclusos na prisão. Está a ser julgado
Adepto de rituais satânicos, Bruno Gaspar matou dois companheiros de cela na enfermaria da cadeia do Linhó, em 2006. Hugo Costa, a 15 de Junho desse ano, foi a primeira vítima – arrastado para a casa de banho e estrangulado. Dezoito dias depois foi a vez de Carlos Silva, assassinado da mesma forma. Bruno Gaspar bebeu o sangue de uma das vítimas a seguir ao crime e por isso ficou conhecido por ‘Vampiro do Linhó’. Ontem começou a ser julgado em Cascais, mas não quis falar ao colectivo de juízes.
Os crimes deram-se após discussões e com a ajuda de dois cúmplices – cada qual para um dos crimes . Hugo Costa morreu quando tinha 24 anos. Resistiu aos golpes com uma lâmina de barbear na zona do pescoço, mas o ‘Vampiro’ respondeu: "Tu foste o escolhido, pelo que isto tinha de acontecer. Vais morrer vais, mas da maneira que eu quiser". À medida que o sangue da vítima escorria das feridas, Bruno Gaspar limpava com uma toalha e encostava à boca. "Estou a provar o teu sangue..."
Com Carlos Silva, 41 anos, foi diferente. O ‘Vampiro’ não lhe bebeu o sangue porque sabia que a vítima tinha Sida. Mas também o degolou com uma lâmina de barbear. Depois fez-lhe vários cortes nos pulsos, simulando um suicídio. A autópsia aos corpos eliminou todas as dúvidas. 
CÚMPLICE QUASE A SER SOLTO
O início do julgamento das duas mortes na cadeia do Linhó, em Sintra, já devia ter começado em Julho do ano passado, mas a falta de perícias psiquiátricas a Libério e Paulo, os dois cúmplices de Bruno Gaspar, igualmente acusados de homicídio qualificado, tem adiado constantemente as audiências. O juiz-presidente fez questão de sublinhar que se não houver decisão até Julho, esgota o prazo da prisão preventiva para Libério. Ontem, um guarda prisional recordou a morte da primeira vítima, Hugo Costa. "Naquele dia um recluso veio chamar-me de madrugada e só me dizia: ‘o homem está morto’. Quando fui à casa de banho, realmente, o recluso estava deitado de barriga para baixo, completamente nu e com a cabeça numa poça de sangue", recordou o guarda.Bruno Gaspar cumpria uma pena por homicídio qualificado, à semelhança de Libério.

Bruxo de Fafe destrói dois rituais satânicos

Mogadouro: Autores dos rituais não serão de Castro Vicente



Fernando Nogueira ofereceu-se para desfazer o que diz ser um feitiço
Os rituais satânicos que foram feitos, por duas vezes, este mês na freguesia de Castro Vicente, em Mogadouro, foram ontem de manhã destruídos pelo bruxo de Fafe. O conhecido médium de incorporação acredita que os altares de sacrifício de animais encontrados numa quinta abandonada são magia negra e terão sido preparados por um grupo para fazer mal a alguém de fora da freguesia. A população diz-se agora "mais descansada".
A iniciativa partiu do próprio médium que ligou ao presidente da Junta de Freguesia. "Prontifiquei-me a ajudar para desfazer o feitiço. Isto deixou a população assustada, principalmente as crianças", explicou Fernando Nogueira, conhecido como bruxo de Fafe.
Acompanhado pelo presidente da Junta, pelo pastor que encontrou os rituais e por cerca de uma dezena de populares, o bruxo de Fafe destruiu os dois altares de sacrifício. Polvilhou-os com pós de mostarda negra, mirra e benjoim (resina) e água com essências. Fez uma reza (onde devolveu o feitiço a quem o fez), deitou álcool nos altares e queimou tudo.
O primeiro altar foi encontrado na Sexta-feira Santa, o outro na sexta-feira seguinte, dia 13. Ambos numa quinta abandonada, a poucos metros de distância. As carcaças dos animais foram retiradas, mas os vestígios permaneciam ontem nos locais. "Ao início pensei que fosse uma brincadeira de mau gosto mas vi que era magia negra. É mesmo para matar. É gente que veio de fora, que conhece isto, para fazer mal a gente de fora", concluiu o médium.
POPULARES CHOCADOS COM ANIMAIS MORTOS
Os populares ficaram chocados por ver os animais mortos e estão mais descansados depois da intervenção do bruxo de Fafe. "Vi dois borregos, uma galinha e duas ovelhas mortas e alguidares com sangue. Tive medo de que aquilo fosse para fazer mal aos meus animais", disse Porfírio Sebastião, pastor que encontrou os rituais. "Impressionou-me porque degolaram os animais", adiantou Cristina Cabral. "Ninguém sabia o que significava. Ficámos mais descansados porque já sabemos o que é", disse o presidente da junta, António Valença.

Fonte: Correio da Manhã

domingo, 22 de abril de 2012

Paganismo e bruxaria serão ensinados em sala de aula na Grã-Bretanha



Agora cultos antigos, com diversos deuses, além de bruxaria, paganismo e druidismo também podem ser aprendidos na escola. 

Estas novas “aulas” serão incluídas no currículo de uma escola da Inglaterra, itens como“importância dos locais de adoração pagãos, como Stonehenge, e as dificuldades de um praticante de bruxaria nos dias de hoje” serão desenvolvidos com as crianças.

A proposta ainda tem encontrado muita resistência, porém a escola de “Cornwall County”quer dar aos alunos que não são cristãos, igualdade, propondo que diferentes opções religiosas sejam incluídas no curricular escolar.

A escola possui histórias de “práticas druídicas e pagãs”, além de alguns adeptos, então resolveu solicitar ao Conselho Municipal que fosse colocada no “mesmo nível” de ensinos como cristianismo, islamismo e judaísmo. 

Esta nova proposta inclui atividades a partir dos cinco anos de idade, quando a criança começa a aprender sobre a “história dos rituais”.

Somente aos 11 anos, quem estiver interessado poderá “explorar o paganismo moderno e sua importância para muitas pessoas”. 

Para Neil Burden, membro do “Conselho de Ministros de Serviços para Crianças”, esta proposta dá aos alunos um acesso mais amplo as crenças religiosas. Em 2010, o governo inglês reconheceu o druidismo como uma religião.

Ativistas cristãos porém temem a evolução desta proposta em todo o país, pois acreditam que isso possa causar um “reconhecimento oficial” de uma religião, considerada por eles, “excentricidade”.

“Apresentar o paganismo é apenas uma moda passageira e tem mas a ver com o desejo de ser politicamente correto de professores com as necessidades educativas das crianças”, disse o porta-voz do “Instituto Cristão de Cornwall”, Mike Judge.

Segundo dados do censo nacional, em 2001 existiam cerca de 40.000 pessoas denominadas “pagãos praticantes” no País de Gales e na Inglaterra, atualmente o número deve ser bem maior.

fonte: Minilua

terça-feira, 17 de abril de 2012

Canibais terão matado dezenas


Jorge da Silveira, de 51 anos, a mulher, Isabel, da mesma idade, e a amante, Bruna, de 25, estão presos. Crimes macabros chocaram a localidade de Garanhuns

Brasil: Faziam empadas com a carne das vítimas


Os três suspeitos de canibalismo que foram presos esta semana em Garanhuns, no estado de Pernambuco, Brasil, podem ter assassinado e devorado dezenas de pessoas. Além das três mortes já confirmadas, a polícia suspeita de que pelo menos outras oito mortes ocorridas na região de Garanhuns tenham sido cometidas pelo trio.

Além destas, os agentes acreditam que os acusados possam ter morto e comido dezenas de pessoas desde 2008, quando cometeram o primeiro crime de que a polícia tem conhecimento.
Os acusados, recorde-se, aliciavam as vítimas com falsas promessas de emprego, levavam-nas para a casa e executavam-nas em rituais macabros. Depois de comerem o fígado e o coração das vítimas, desossavam os corpos, usavam parte da carne para fazerem empadas – que Isabel vendia pela cidade – e a restante era guardada no frigorífico e usada na alimentação diária do grupo. O consumo de carne humana tinha como objectivo a "purificação".

Canibais presos iam executar mais uma vítima


Dois dos suspeitos detidos pela polícia brasileira

Polícia brasileira desvenda plano do trio


Os membros da seita de magia negra presos esta semana na cidade brasileira de Garanhuns, interior do estado de Pernambuco, acusados de assassínios e canibalismo, preparavam-se para executar e provavelmente devorar mais uma vítima. A informação foi adiantada pela polícia local, que no entanto não deu detalhes sobre o novo crime em preparação.

Segundo os agentes ligados à investigação, no entanto, a nova vítima escolhida por Jorge da Silveira, de 51 anos, e as duas mulheres com quem vivia maritalmente, Isabel, da mesma idade, e Bruna, de 25, é uma jovem de 18 anos, já identificada mas cujo nome é mantido em segredo pelas autoridades. O trio já tinha inclusivé aberto uma cova para ela no quintal da casa onde os três viviam e os crimes eram praticados, mesmo local onde a polícia descobriu os restos mortais de duas jovens assassinadas em Fevereiro e em Março.
A jovem que estava marcada para morrer este mês deveria ter o mesmo destino das duas cujos corpos foram encontrados e de uma terceira assassinada e devorada pelo grupo noutra cidade de Pernambuco, Olinda, em 2008. As três foram mortas em rituais macabros, tiveram o coração e o fígado comidos pelo trio e o resto da carne usado tanto para alimentação do grupo quanto para a fabricação de empadas, que uma das envolvidas, Isabel, vendia pela cidade, irónicamente até na esquadra onde agora todos estão presos.
O trio afirma-se membro de uma seita denominada “Cartel” que alega lutar contra a superpopulação do mundo. Eles aliciavam mulheres jovens na rua, alegadamente sob comando de uma “entidade” cuja voz ouviam, levavam-nas para a casa onde viviam e matavam-nas num banho de sangue. Depois de comerem as vísceras, no que chamavam uma forma de purificação, usavam parte das nádegas e das coxas das jovens assassinadas para fazerem os salgados e o resto era guardado no frigorífico, para ser consumido nas refeições diárias.
O horror deste caso, descrito numa espécie de diário que Jorge escreveu e já foi encontrado pela polícia, era presenciado e partilhado por uma menina de apenas cinco anos, vítima duplamente dos criminosos. Além de ser obrigada a participar nos rituais satânicos e a comer igualmente as vísceras retiradas dos corpos e as empadas feitas com carne humana, a criança teve a própria mãe executada pelo trio. Ela é filha da jovem morta em Olinda há quatro anos, e os algozes da mãe resolveram ficar com ela e criá-la.
Além dessa morte, a primeira conhecida do grupo, e das duas praticadas este ano, o trio pode ter assassinado muitas outras pessoas. A polícia não acredita que o grupo tenha ficado inactivo desde o crime de 2008 e até Fevereiro deste ano, quando foi morta a segunda vítima conhecida, e suspeita que os três acusados estejam por trás de várias outras execuções praticadas tanto em Garanhuns quanto em outras regiões.
Fonte: Correio da Manhã

Espanha: Freira acusada de roubar bebés sai escoltada de tribunal


A forte atenção mediática sobre o caso Perante a forte atenção mediática do caso, obrigou a que Maria Gómez Valbuena tivesse de sair do tribunal escoltada por vários agentes

Arguida recusou não prestou declarações


A freira Maria Gómez Valbuena, acusada num tribunal espanhol que está a investigar o caso do roubo de crianças que eram entregues a outras famílias, recusou prestar declarações perante o juiz, saindo escoltada do edifício.

Fonte do tribunal disse à Lusa que a freira, chamada a prestar declarações no tribunal de instrução 47 de Madrid "acolheu-se ao seu direito a não falar, permanecendo assim imputada neste processo".
"O magistrado instrutor, Adolfo Carretero Sánchez, continuará com a investigação judicial, com novas diligências", referiu a fonte.
Perante a forte atenção mediática do caso, a freira acabou por sair do edifício do tribunal escoltada por vários agentes.
Conhecido como o processo das "crianças roubadas", o caso insere-se numa polémica denunciada por milhares de mães em Espanha que acusam responsáveis religiosos e médicos de lhes terem roubado bebés à nascença.
Freiras, padres e médicos simulavam a morte das crianças no parto entregando depois as crianças, muitas vezes a troco de dinheiro, a outras famílias.
Os casos começaram a merecer grande atenção mediática depois de várias mães terem conseguido reencontrar-se com os seus filhos, que julgavam mortos.
Especificamente neste caso, a freira de 80 anos, que vive num convento das Irmãs da Caridade em Madrid, é a primeira acusada a ser chamada por um juiz depois da denúncia da procuradoria espanhola, que investigou uma queixa de Maria Luisa Torres.
A mulher acusa a freira de lhe ter roubado a filha que nasceu em Março de 1982 na clínica madrilena de Santa Cristina, onde a religiosa era então assistente social.
No passado dia 3 de Abril, Maria Luisa Torres disse ao tribunal que a freira lhe tinha tirado a filha por a considerar "adúltera", já que o pai da criança não era o seu marido, alegando que o bebé tinha morrido no parto.
Há meio ano, Torres e a sua filha, Pilar, conseguiram reencontrar-se comprovando a sua relação com testes de ADN.
Na sexta-feira, deverão ser ouvidos, como testemunhas, os pais adoptivos da menina roubada.

Com Bento XVI Igreja perde fiéis?



O Correio da Manhã noticia na sua edição desta segunda-feira a redução do número de católicos em Portugal. Hoje, segundo uma sondagem da Universidade Católica, num país de dez milhões de habitantes, os católicos são sete milhões, dos quais apenas 1,8 milhões são praticantes. No dia em que o Papa Bento XVI celebra 85 anos, o CM perguntou aos portugueses se consideram que a imagem deste Papa, menos mediática que o seu antecessor, João Paulo II, afastou os fiéis da Igreja.

segunda-feira, 16 de abril de 2012

Rituais de bruxaria ou satânicos assustam população de Mogadouro



Alegados rituais de bruxaria ou satânicos estão a deixar "assustados e desconfiados" alguns dos habitantes de Castro Vicente, em Mogadouro, já que nos últimos dias têm sido encontrados, pelos pastores, "verdadeiros altares de sacrifício" que envolvem animais.

O presidente da Junta de Freguesia de Castro Vicente disse à Lusa que este tipo de ritual não é "comum pelas redondezas" e, por isso, a situação tem criado alguma "estranheza à população".

A GNR de Mogadouro tomou conta da ocorrência.

"A GNR esteve cá quando foi descoberto o primeiro local (dos rituais). Como se têm repetido, vamos estar mais atentos", acrescentou o autarca António Valença.

Segundo o relato de alguns populares, estes atos têm-se repetido, desde o dia 6, numa quinta agrícola situada nas proximidades da aldeia.

"Da primeira vez que estive no local, encontrámos cordeiros mortos, panos esquisitos, copos cheios de sangue, charutos, garrafas de champagne e pétalas de rosas, entre outras coisas bizarras. Por outro lado, deu para notar que houve um grande sacrifício para os animais", descreveu Cristina Cabral.

A jovem, de 21 anos, acrescentou que a população, de início, não se mostrou muito surpreendida com o acontecimento.

A repetição dos acontecimentos, no entanto, criou alguma preocupação à população.

Por seu lado, Carla Lousão disse que todos os rituais acontecem de noite: "Primeiro, vi dois cordeiros, um macho e uma fêmea, sacrificados. Depois, apareceu um casal de cabritos e os restos dos adereços são sempre os mesmos. Com isto, o povo fica assustado, desconhecendo-se para quem será o feitiço", acrescentou.

fonte: JN

sábado, 14 de abril de 2012

Cinco histórias de fantasmas do Titanic



No Domingo, 15 de abril, será o centésimo aniversário do naufrágio do RMS Titanic.Enquanto a história da tragédia do infortunado transatlântico ocupa as manchetes, há também outro tipo de histórias: Histórias de fantasmas. Confira essas histórias assustadoras sobre o Titanic.


Logo após a tragédia do Titanic, as equipas de busca e salvamento recuperaram 328 vítimas do navio, 209 corpos ficaram temporariamente na Snow & amp; Co. Funeral Parlour em Halifax, Nova Escócia. 

De acordo com a Encompass Magazine, a funerária é agora o Restaurante Five Fisherman, e a roldana original usada para içar os cadáveres do Titanic para o nível superior do prédio ainda está pendurada no teto da adega de vinhos. 

Hoje, acontecimentos bizarros, como vidros a voar das prateleiras, e talheres a cair no chão quando ninguém está por perto, são ocorrências comuns no restaurante. 

O gerente Gary MacDonald disse sobre os fantasmas do edifício: "Não é possível ignorar os fantasmas, deve reconhecê-los ou eles vão se fazer presentes".


Em 2008, o Atlanta Constitution Journal publicou uma história sobre o Aquário da Geórgia depois da exposição "Titanic Aquatic" exibida por lá. 

Vários voluntários do aquário relataram encontros estranhos quando trabalharam na exposição, que contou com centenas de artefactos relacionados com o Titanic.

A equipa do aquário trouxe investigadores paranormais, que determinaram que a exposição Titanic era de facto assombrada.


Segundo o San Francisco Chronicle, na década de 1990 um homem de San Francisco chamado Jaime Rodriguez alegou que ele e a família estavam a ser assombrados por um fantasma, um sobrevivente do Titanic que morou em seu apartamento. 

Mas o ex-morador, o Dr. Henry Washington Dodge não era considerado um herói do Titanic. Enquanto o Dr. Dodge afirmava que chamou mulheres e crianças para tomar um lugar no bote salva-vidas que abrigava a sua esposa e o filho naquela noite fatídica, ele subiu no bote, e enfrentou o julgamento público pelo resto de sua vida. 

Depois de sofrer um processo e uma perda financeira, ele caiu em depressão e cometeu suicídio com um tiro na cabeça na cave de seu apartamento em San Francisco em 1919. Seu fantasma apareceu no apartamento nos verões seguintes por anos, e sempre no mesmo local.

A lendária socialite Margaret "Molly" Brown sobreviveu ao naufrágio do Titanic, mas sua casa em Denver seria o local de alguns acontecimentos inusitados. 



De acordo com o blog Mysterious Colorado, esquisitices paranormais ocorrem regularmente no Molly Brown House Museum, em Denver, incluindo movimentos de mobília e avistamentos dos fantasmas de Molly e seu marido James Joseph Brown. 

Avistamentos da mãe de Molly numa janela do segundo andar também foram relatados, assim como odores misteriosos, que seriam do tabaco de Joseph Brown e do perfume de rosas favorito de sua esposa.



Neil e Louise Bonner

De acordo com o Daily Mail, a casa na Inglaterra em Stoke-on-Trent onde o capitão do Titanic nasceu e morou até a adolescência também tem uma história assustadora de aparições. 

Os proprietários, o casal Neil e Louise Bonner, estão convencidos de que viram o fantasma do comandante do navio. O casal alugou o imóvel por uma década. Antigos inquilinos relataram também uma misteriosa inundação na cozinha e um frio glacial na sala de jantar.

Fonte: Yahoo!

sexta-feira, 13 de abril de 2012

Já existem máquinas capazes de ler nossos pensamentos


Editora Globo

Recentemente, investigadores da Universidade de Minnesota, nos EUA, divulgaram os resultados de um estudo em que voluntários conseguiram pilotar um simulador de helicóptero em 3D sem mover um músculo. Eles apenas pensaram nos comandos e os sinais foram enviados ao computador via electrodos presos em suas cabeças. Este trabalho comprova que já é possível desenvolver aparelhos voltados para pessoas com dificuldade em mover o próprio corpo. Elas só vão precisar da própria actividade neuronal para operar os mais variados equipamentos. Porém, esse mesmo tipo de tecnologia pode ser usado para ler pensamentos. E, em pouco tempo, aparelhos com essa função já devem chegar ao mercado. 

Pelo menos dois trabalhos demonstraram a eficiência de uma máquina de ler pensamentos, o espectroscópio de raios infravermelhos. Em estudo conduzido pela Universidade da Califórnia, foi possível reconstruir com imagens coloridas as lembranças de uma pessoa acordada. Em outro, da Universidade de Princeton, também nos EUA, a máquina se mostrou capaz de identificar os temas em que os voluntários estavam a pensar. Também já existem aparelhos que, mais que ler nosso pensamento, são capazes de influenciá-lo. Num teste feito com um scanner cerebral no Instituto Max Planck de Psiquiatria, na Alemanha, um voluntário que tem o chamado sonho lúcido (em que se tem consciência de que se está a sonhar) seguiu comandos da máquina enviados para sua mente. 

É incrível que tenhamos alcançado este nível de compreensão do nosso cérebro. Afinal, durante muitos séculos, a ciência acreditou que nele residia nosso próprio limite: como seria possível um órgão ser usado para entender a si mesmo? Pois agora é. E as consequências sociais e políticas deste avanço são assustadoras. 

No limite, a capacidade de ler o que as pessoas estão a pensar inviabiliza qualquer tipo de relacionamento interpessoal da forma como o concebemos hoje. Não há casamento, amizade ou relação de trabalho no estilo actual que suporte tamanha sinceridade. Mas, de uma forma ou outra, ainda poderíamos reaprender a nos relacionar. O impacto mais dramático do uso dessas máquinas seria no cenário político. 

Qualquer governo com acesso aos pensamentos de seus cidadãos passa a deter um poder virtualmente ilimitado. Se o cenário descrito em 1984, romance de George Orwell que previa um futuro de controle total, só dependia de câmeras instaladas em todos os lugares, imagine o que a transparência completa do pensamento das pessoas possibilitaria. 

Como os cientistas que desenvolveram a bomba atómica, investigadores que trabalham nas técnicas de leitura da mente precisam pensar no impacto de seus estudos. É fundamental que a sociedade tenha condições de decidir se eles deveriam se concretizar ou se essas máquinas deveriam se restringir a socorrer paraplégicos ou pessoas em coma.

Aberto a animais de estimação, hotel dos EUA oferece serviços de médium para cães



Após "conversar" com os cães, o médium do hotel afirma poder estreitar os vínculos das mascotes com os donos.

Localizado na cidade de Portland, na costa oeste dos Estados Unidos, e aberto para animais de estimação, o Monaco Portland Hotel está oferecendo um serviço extremamente inusitado para seus clientes. 

Entre os funcionários do estabelecimento figura um médium para cães, que afirma entender “palavras, sentimentos e as memórias” das mascotes.

Segundo o hotel, que se classifica como um empreendimento “super amigável” com os animais, o médium capta as necessidades do cão e ajuda a estreitar seus vínculos com o dono. 

Durante a estadia, os cães também podem passar por sessões de massagem, andar pela cidade com passeadores profissionais, realizar tratamentos de beleza e beber água mineral servida em tigelas especiais.

O Monaco Hotel é um dos hotéis mais luxuosos de Portland (suas diárias chegam a custar mais de 900 dólares) e, é lógico, também oferece serviços de spa para seus hóspedes humanos, como massagens e aromaterapia facial.

fonte: UOL

quarta-feira, 11 de abril de 2012

Imagens de igreja da Macedónia brilham e padre fala de milagre







Centenas de habitantes da cidade de Skopje, capital da Macedónia, estão a fazer fila diante da igreja Sveti Dimitrije nesta segunda-feira (9) para ver as imagens e os frescos que começaram a brilhar sem explicação aparente, um fenómeno que o pároco local não hesita em classificar de milagre.

"É realmente um milagre, começou o domingo na parte central da igreja, onde a cor dourada predomina, e o fenómeno continua", contou o padre Dimce Malinov, acrescentando que as imagens começaram a brilhar como se uma mão invisível as estivessem polido.

"Primeiro aparece uma cor vermelha que se transforma em dourado. Podemos ver as imagens ficarem limpas de cima para baixo", acrescentou.

O chefe da Igreja ortodoxa macedónia (MPC), arcebispo Ohrid Stefan, visitou no domingo a igreja de Sveti Dimitrije, do século XVIII, para observar o fenómeno. O El MPC, contatado pela AFP, negou-se, no entanto, a comentar o evento.

A ex-república iugoslava da Macedónia é um país de dois milhões de habitantes. Aproximadamente 80% da população é de religião ortodoxa.

fonte: UOL

terça-feira, 10 de abril de 2012

Será que Jesus morreu com 42 anos?



Historiadores não pretendem demonstrar a ressurreição de Jesus Cristo por considerá-la uma questão de fé

Os evangelhos oficiais de Marcos, Lucas, Mateus e João, os evangelhos apócrifos, as cartas de São Paulo - cronologicamente, o primeiro documento sobre a vida de Jesus -, o trabalho do historiador coetáneo Flávio Josefo e os papiros do Mar Morto são alguns dos textos que podem ser pesquisados para compor esse quebra-cabeças entre o mito e a história que forma a vida de Cristo.

O catedrático de Filologia Grega da UCM, Antonio Piñero, que escreveu o livro "Cidadão Jesus" tenta juntar essas peças e considera o messias do Cristianismo "um homem normal, embora tivesse talha de herói". 

E, por outro lado, o psiquiatra legista José Cabrera publicou "CSI: Jesus Cristo", no qual analisa com visão científica a morte na cruz.


Com qual idade morreu Jesus Cristo?


Apesar de sempre ter se aceitado que Jesus foi crucificado com 33 anos, historicamente se sabe que não é assim. 

O primeiro paradoxo se estabelece no facto de que Jesus Cristo nasceu, curiosamente, no ano 6 anterior a sua própria era, já que Herodes, o Grande - rei da Judeia durante o nascimento de Cristo - morreu em 4 a.C.

Por outro lado, Pôncio Pilatos, que ordenou sua execução, era governador regional da Judeia entre 29 d.C. e 37 d.C., anos nos quais a única sexta-feira de Páscoa com Lua cheia foi a do dia 7 de abril do ano 30 - por isso que ele teria morrido com 36 anos - ou 7 de abril do ano 33 - com 39. 

“Em qualquer caso, um homem nessa idade era maduro, com 40 anos já era um avô", explica Cabrera, por isso que é preciso desprezar o aspecto juvenil de Jesus que mostra a iconografia cristã.

Jesus morreu numa sexta-feira?

A festividade da morte de Jesus Cristo é desde sempre a Sexta-Feira Santa, mas Piñero discorda. "É mais provável que Jesus tenha sido crucificado na quinta-feira, pela simples razão de que se foi crucificado às 3 da tarde da sexta-feira, teria morrido já no final da tarde. 

Isso para os judeus é o novo dia, ou seja, sábado (Shabbat), dia de descanso, no qual não se pode realizar uma crucificação", argumenta Piñero.

Jesus carregou a cruz até o Gólgota?

"No suplício da cruz, a lei romana obrigava que se carregasse o travessão até o cadafalso. O poste vertical já ficava cravado no local, porque uma cruz inteira podia pesar mais de cem quilos, impossível de se levar por uma só pessoa", explica Cabrera.

A coroa de espinhos, prossegue o legista, não era como se diz, mas um capacete completo. O que sim é real são as vestimentas. 

"Como qualquer outro crucificado, Cristo não usava nada de roupa, salvo uma espécie de lenço que cobria seu órgão sexual por pudor. As roupas tornam mais difícil a crucifixão, mas não tem nada a ver com nenhuma tradição"

Vala comum ou sepulcro?

Segundo Piñero, "Mateus, Marcos e Lucas dizem que Jesus é descido da cruz por um personagem que aparece nesse momento", José de Arimateia, um dos anciãos do Sinédrio (o conselho que o julgou) discípulo oculto de Jesus, que lhe compra um sepulcro de pedra nos arredores de Jerusalém".

A História, por outro lado, mostra outra versão. "Jesus morreu no dia anterior à celebração da Páscoa, por isso que as autoridades judias não queriam de nenhuma maneira que os cadáveres ficassem ali, e por isso foram eles mesmos que o desceram da cruz e o enterraram em uma vala comum".

Por que mataram Jesus?

"A versão tradicional (a dos Evangelhos) consiste em eliminar de toda culpabilidade Roma por esta morte e tachá-la a problemas internos e religiosos dentro do Judaísmo", assegura Piñero em seu livro.

Mas há outra versão que "entende que Jesus foi condenado à morte pelos romanos como pretendente messiânico, como indivíduo politicamente perigoso ao se proclamar messias-rei, pois poderia provocar imediatamente um motim contra as forças de ocupação romanas".

"Era um homem muito perigoso para muita gente", explica Cabrera. "Tanto o julgamento do Sinédrio como a condenação do próprio Pilatos pularam todas as leis tanto judias quanto romanas", acrescenta Cabrera.

Jesus ressuscitou?

Tanto uns como outros lavam as mãos, como o próprio Pilatos. O médico legista revela na "autópsia" que "a causa última de sua morte foi uma falha cardiorrespiratória por perda de sangue, já que o coração não consegue bater por falta de sangue e se produz asfixia por estar pendurado".

E Piñero, com a História e os factos na mão reconhece que não se pode "demonstrar se Jesus ressuscitou ou não, é uma questão que obedece à fé". 

"Nós estudamos cada um dos elementos da morte e da tortura de Jesus, as injustiças e o ambiente que acabou matando-o", esclarece.

fonte: Yahoo!

segunda-feira, 9 de abril de 2012

Raia com a "cara" de Jesus dá à costa nos Estados Unidos



Não é a primeira vez que alguém vê o rosto de Cristo nos locais mais estranhos, nem será a última, ainda mais na Páscoa

O mais recente “avistamento” deu-se numa praia da Carolina do Sul. Uma turista de 24 anos, Erika Scheldt, deparou-se com uma raia morta à beira-mar, de costas voltadas para cima.

E foi precisamente nos contornos do dorso que aparecia um rosto, especialmente a saliência do nariz, das sobrancelhas, da boca e até da barba.

Erika Scheldt não se apercebeu imediatamente do que fotografou, ou pelo menos de quem era. “A princípio, parecia-me a cara de um sem abrigo barbudo”, disse à imprensa local.

Mais tarde, quando postou a fotografia numa rede social, um dos amigos disse-lhe: “Mas é Jesus!” E ele respondeu: “Oh meu Deus, tens razão!” 

fonte: Sábado

Filipinas: Cristãos recriam crucificação












Nas Filipinas a tradição mantém-se: todos os anos, por altura da Páscoa, dezenas de pessoas aceitam ser crucificadas. Milhares participam na celebração, apesar da Igreja condenar e advertir que se trata de uma desvirtuação da mensagem pascal.

Milhares observaram enquanto 17 devotos foram pregados às cruzes de madeira, numa tentativa de recriar a crucificação de Jesus Cristo.

Alguns participam na celebração pela primeira vez, mas Ruben Enaje conta já 26 crucificações: “Não faço isto por gozo ou por dinheiro, isto é um chamamento.”

Enaje decidiu participar como forma de agradecimento a Deus, depois de sobreviver a uma queda de um edifício.

A Igreja condenou oficialmente este tipo de rituais, mas isso não parece demover os filipinos que são, na sua maioria, cristãos.

fonte: Sábado

Ciencia

Ciencia