Mortes bizarras de animais despertam rumores sobre ETs no Missouri

Mortes bizarras de animais despertam rumores sobre ETs no MissouriUma sequência misteriosa de mortes de três vacas no estado norte-americano do Missouri está dando o que falar por lá e levantando dúvidas quanto à existência de extraterrestres que podem estar fazendo visitinhas desagradáveis ao nosso planeta.
As mortes misteriosas desses animais em uma fazenda deram origem a uma variedade de teorias estranhas, desde o já dito ataque de ETs até rituais satânicos. Isso porque as mortes tiveram características incomuns, com mutilações de partes dos bichos que pareciam ter sido feitas cirurgicamente, além da ausência de sangue.

Nos noticiários

De acordo com as notícias do rtv6 da ABC, o fazendeiro Lyn Mitchell encontrou a primeira vaca morta em dezembro de 2011 com a mandíbula mutilada e outros ferimentos. "Ela estava sem a língua e também sem a orelha". A primeira suspeita do fazendeiro foi a de que adolescentes inconsequentes teriam feito isso por pura maldade ou que o ato fazia parte de um ritual de sacrifício. Entretanto, ele acreditou nisso até o início de julho, quando outra morte aconteceu.
No dia 9 de julho, Mitchell fez outra descoberta nada agradável com a morte de outra vaca: "Eu olhei e a língua não estava lá. Em seguida, imediatamente percebi que o úbere (mamas) tinha sido completamente removido", disse o criador de animais. Ele afirmou que o órgão reprodutor também havia sido retirado. Passaram-se dez dias e, em 19 de julho, Mitchell encontrou a terceira vaca morta com o coração exposto e úbere e língua cortados.

Trabalho cirúrgico?

Além da esquisitice dos locais dos ferimentos, o que chamou a atenção do fazendeiro foi como eles foram realizados. Segundo ele, os cortes pareciam cirúrgicos com incisões precisas e limpas. E, em todas as três mortes, Mitchell disse que não havia sangue, apesar de feridas abertas dos animais.
Qual seria o mistério desses acontecimentos? A suposição do fazendeiro das mortes serem resultado de adolescentes cruéis e baderneiros pode ser possível, mas muito improvável, segundo relatou o site da Discovery News.
O mesmo é aplicado para a ideia de que as vacas morreram em algum ritual de sacrifício, pois esse tipo de ato — nos dias atuais e naquela parte da América — é limitado às religiões afro-caribenhas, tais como a Santeria (ou a famosa macumba). Entretanto, nesses casos os grupos escolhem cuidadosamente os animais e os preparam para o sacrifício, sendo os principais alvos as galinhas, cabras e ovelhas, que geralmente são levados a outro local para o ritual.

Teorias dos alienígenas

Obviamente, uma das teorias para as mortes bizarras dos animais é a de que elas foram resultados de ataques alienígenas. Esta afirmação, que tem circulado durante décadas sobre outros casos estranhos, levanta uma questão curiosa: de quantas línguas, orelhas e úberes esses extraterrestres precisam para responder a qualquer questão de investigação sobre as vacas da Terra?
Certamente, qualquer civilização alienígena avançada o suficiente para dominar as viagens interestelares é competente para analisar as partes dos animais. Mas que informações sobre o paladar da vaca ou a mecânica das tetas poderiam ser tão importantes para os alienígenas depois de tanta investigação?

Respostas científicas

Como todos os bons céticos, muitos cientistas afirmam que os seres de outros planetas “non eczistem” e sempre têm uma boa explicação para os mistérios. Na busca de respostas, o fazendeiro então procurou um especialista do Fish and Wildlife Service, que supôs algumas razões para os ataques.
Segundo ele, as feridas misteriosas podem, na verdade, ter sido criadas por predadores e animais carniceiros comuns, tanto grandes (como abutres e corvo) quanto pequenos (como varejeiras e larvas). Para ele, em muitos casos, o que tem sido descrito por criadores de gado e outros como os cortes com precisão cirúrgica pode ser uma decomposição comum.
Animais ditos carniceiros se alimentam de tecidos moles do corpo, sendo primeiramente nas cavidades de “entrada”, como a boca, língua, ânus, nariz, olhos e tetas. Segundo o especialista consultado por Mitchell, é por isso que essas são as partes faltantes no animal encontrado morto há dias ou semanas. Sem saber o que matou um animal, é impossível determinar o momento exato da morte.
A maioria dos animais mortos misteriosamente é encontrada após vários dias, que é tempo de sobra para partes moles estarem completamente desaparecidas. No caso da falta de sangue descrita pelo fazendeiro, o especialista afirma que ele simplesmente secou, especialmente porque a região passava por uma onda violenta de calor.
Apesar das explicações, Mitchell ainda acha que algo de estranho aconteceu e prometeu instalar câmeras em toda extensão da fazenda para identificar os culpados. E você, acha que as mortes das vacas foram causadas por qual motivo? 

Comentários

Mensagens populares