Assaltos deixam igrejas católicas e evangélicas em alerta em Maceió

Assaltos deixam igrejas católicas e evangélicas em alerta em MaceióO crime na capital alagoana não tem perdoado nem mesmo igrejas e templos religiosos que constantemente são alvos dos criminosos. Aparelhos de som, microfones, instrumentos musicais têm atraído os bandidos que muitas vezes não se intimidam com a igreja cheia e entram para roubar as bolsas dos fiéis.
Com medo dessa onda de violência os líderes religiosos estão investindo em segurança, instalando câmeras pelos templos e até mesmo contratando seguranças particulares.
Na igreja Catedral Metropolitana de Maceió um homem entrou no meio dos festejos a Nossa Senhora dos Prazeres e roubou o microfone. Por sorte a igreja já estava equipada com câmeras e flagrou o homem.  “Entregamos as imagens à polícia e agora cabe aos oficiais identificar a pessoa”, diz o padre Lídio José, responsável pela igreja.
Uma igreja evangélica no bairro da Ponte Verde também tem sido alvo dos criminosos. O pastor responsável preferiu não ser identificado na reportagem do G1, mas contou que precisou instalar 34 câmeras no templo para tentar inibir a ação dos bandidos.
“É uma situação lamentável que toda população tem vivido e as igrejas e tão passando por essa situação também”, lamenta. O religioso, porém, não se sente intimidado e diz que a igreja precisa continuar pregando. “O que nós temos que fazer é continuar pregando o evangelho, falando do amor de Cristo para que vidas sejam transformadas”.
Uma igreja batista em Tabuleiro do Martins também resolveu investir em segurança e contratou uma empresa e alarmes para proteger o local, mas esse investimento todo não impediu uma nova ação dos criminosos da cidade. Eles conseguiram entrar no templo empurrando o ar-condicionado e levaram instrumentos musicais e um aparelho de DVD.
“É inadmissível as pessoas não respeitarem mais nem o espaço de culto, espaço religiosos, espaço de sagrado, por isso temos que tomar cuidado até na casa de Deus para que não ocorra transtornos”, disse o pastor da igreja.

Comentários

Mensagens populares