Ator do Porta dos Fundos diz que evangélicos são fanáticos sexuais

O humorista Gregório Duvivier, do canal Porta dos Fundos, gravou um vídeo polêmico dizendo que para ele tudo é sexo, incluindo a religião e dizendo que a proibição do sexo feita por algumas crenças pode resultar “em um sexo muito mais espetacular”.
Assim como outros integrantes do canal, Gregório é ateu e se expressa tentando explicar as reações do vídeo “Oh, Meu Deus” que dividiu opiniões na internet e quase rendeu um processo contra o grupo.
“Talvez seja um fanatismo da minha parte. Eu acho que tudo é sexo, religião é sexo, é erótico. E a proibição do sexo banal gera um sexo espetacular”, disse.
Duvivier também comenta a atitude do deputado pastor Marco Feliciano que se incomodou com o vídeo onde uma mulher vai ao ginecologista para uma consulta e o médico acaba enxergando a imagem de Jesus na genitália da paciente transformando o consultório em uma romaria.
Feliciano pediu para que seus seguidores no Twitter denunciassem o conteúdo do vídeo que era desrespeitoso e chegou a acionar a Polícia Federal. Apesar de toda essa polêmica, o canal ainda não recebeu nenhum recado da justiça.
“Ele disse que ia processar a gente, até agora não processou. Não sei se desistiu… Na verdade, ele [o vídeo ‘Oh! Meu Deus’] não é anti nada. Ele é só uma piada. Mas se fosse anti alguma coisa, seria anti católico, porque são os católicos que veem imagens em qualquer coisa”, afirmou Gregório.

Assista:

Comentários

Mensagens populares