500 mil pessoas se despedem do rabino Ovadia Yosef em Israel

500 mil pessoas se despedem do rabino Ovadia Yosef em IsraelMais de 500 mil pessoas, segundo a polícia de Jerusalém, participaram do velório do rabino Ovadia Yosef, o líder espiritual dos judeus ultra-ortodoxos que faleceu nesta segunda-feira (7) por conta de problemas cardíacos e respiratórios.
Yosef tinha 93 anos e não deixou nenhum sucessor para o cargo, e como ele liderava o partido Shas, restou a dúvida de qual será o futuro do partido. Seus membros se consideram órfãos, pois o rabino era visto como um pai para todos os fiéis.
A morte do religioso foi comentada pelo primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, que considerou Yosef como uma dos homens mais sábios de sua geração. “O rabino Yosef era um gigante na Torá e nas leis judaicas e um mentor para milhares de pessoas”, destacou.
O presidente israelense Shimon Peres chegou a visitar o líder religioso no hospital horas antes dele falecer. Ovadia estava internado no hospital Hadassah de Jerusalém desde setembro, os problemas respiratórios e cardíacos se agravaram e ele não resistiu. Com informações Estadão.

Comentários

Mensagens populares