Bomba mata oito sunitas numa mesquita no Iraque

Um atentado numa mesquita sunita fez esta terça-feira oito mortos e pelo menos 15 feridos na cidade de Kirkuk, no Iraque. 

Os fiéis encontravam-se na mesquita para a primeira oração da manhã do dia da Festa do Sacrifício, conhecido entre os muçulmanos como Eid al-Adha. 

Este atentado insere-se na lógica do conflito entre sunitas e xiitas que tem atingido o país de forma particularmente grave desde a invasão americana em 2003. Na altura o regime de Saddam Hussein era dominado sobretudo por sunitas e a maioria xiita era reprimida. 

Com a transição de regime os xiitas ganharam o poder, algo que as franjas mais radicais da comunidade sunita nunca aceitaram. Desde então acentuou-se a violência que, neste ano de 2013, piorou bastante, em parte por causa do conflito na Síria. 

Pelo menos 6000 pessoas morreram este ano, sobretudo vítimas de atentados sunitas. A explosão desta manhã, contudo, e apesar de ainda não ter sido reivindicada, terá sido levada a cabo por xiitas.

Comentários

Mensagens populares