D. Manuel Linda nomeado bispo das Forças Armadas

Portugal tem um novo bispo das Forças Armadas. D. Manuel Linda, até agora bispo auxiliar de Braga, foi o escolhido pelo Vaticano para substituir D. Januário Torgal Ferreira, que pediu a resignação por limite de idade.
O novo bispo das Forças Armadas pretende visitar todas as unidades militares e das forças de segurança no país, para se mostrar próximo das pessoas que agora serve.

“Procurarei privilegiar um ânimo forte, incentivo aos capelães e procurarei visitar os militares e as forças policiais da PSP e da GNR, nos seus locais de trabalho habituais. Pretendo fazer uma visita pastoral a todas as unidades, quer militares quer das forças de segurança”, explica D. Manuel Linda.

D. Manuel Linda tem actualmente 57 anos. O actual regime das Forças Armadas prevê que os oficiais se reformem aos 65 anos, embora segundo as regras da Igreja os bispos apenas têm de apresentar a sua resignação aos 75.

Nos últimos anos do seu ministério à frente das Forças Armadas, D. Januário esteve por isso numa situação peculiar, estando oficialmente reformado das Forças Armadas, mas ainda considerado bispo das mesmas. D. Manuel Linda, por sua vez, tem pelo menos oito anos de serviço activo enquanto militar.

Em relação a esta nomeação o bispo diz que procurará estar atento às problemáticas humanas dos militares e agentes policiais, mas que não será um sindicalista: “Tudo aquilo que é humano nos diz respeito. Aliás, a dimensão da fé não entronca noutra dimensão que não seja o humano. Mas seria prestar mau serviço às forças armadas ter um bispo sindicalista, elas não precisam disso. Procurarei estar com atenção às problemáticas humanas que lá se vivem, procurarei discretamente, junto de quem de direito chamar atenção, se for caso disso, mas nem as forças armadas precisam, nem tolerariam que o bispo fosse o grande dirigente sindical.”
Para já, ainda não é conhecida a data para a tomada de posse.

Comentários

Mensagens populares