“Ida de imagem para Roma é sinal da projecção do Santuário de Fátima”

A imagem de Nossa Senhora de Fátima, que é venerada na Capelinha das Aparições, vai estar sábado e domingo no Vaticano, num claro sinal da projecção do santuário e da mensagem de Fátima no mundo actual, considera o bispo de Leiria-Fátima. 

É a terceira vez que a imagem vai a Roma, agora a pedido do Papa Francisco. 

Para D. António Marto, a ida da imagem de Nossa senhora de Fátima ao Vaticano é ainda o reconhecimento da importância da devoção mariana. 

“É o reconhecimento da importância da mensagem de Fátima, da importância do santuário de Fátima e a sua dimensão mundial quer para a igreja universal, quer para o mundo e, para esta época presente, uma vez que o Santo Padre vai fazer a consagração do mundo ao imaculado coração de Maria.” 

Em seu lugar na capelinha das aparições, ficará a Imagem da Virgem Peregrina de Fátima, entronizada na Basílica de Nossa Senhora do Rosário. 

Esta é já a terceira vez que a imagem vai a Roma: a primeira foi em 1984, a pedido de João Paulo II, para a Consagração do Mundo ao Imaculado Coração de Maria e a segunda foi em 2000 quando o mesmo Papa quis consagrar o novo milénio à Virgem. 

Com pouco mais de 1,5 metros de altura, a imagem esculpida pelo mestre José Thedim viaja na madrugada deste sábado num avião da TAP acompanhada de uma delegação de seis pessoas, liderada pelo reitor do Santuário de Fátima.

Comentários

Mensagens populares