Muçulmanos paquistaneses formam corrente humana para proteger cristãos contra ataques de extremistas

Muçulmanos paquistaneses formam corrente humana para proteger cristãos contra ataques de extremistas; Veja fotosUm gesto de repúdio a um ataque terrorista feito por extremistas muçulmanos contra uma igreja cristã no Paquistão demonstrou que a perseguição religiosa no país não é uma unanimidade.
Cerca de 300 muçulmanos paquistaneses fizeram uma corrente dando as mãos em volta de uma igreja em demonstração de solidariedade às vítimas do ataque à congregação cristã de Peshawar, que resultou em mais de 100 mortes, segundo o Huffington Post.
O ataque suicida cometido por dois extremistas à All Saints Church aconteceu em 22 de setembro, após a celebração matutina do domingo, quando os fiéis deixavam o local.
A imprensa do país classificou o ataque como o mais mortífero já praticado contra cristãos no país, que é de maioria muçulmana.
Veja fotos:
1 muculmanos paquistaneses
3 muculmanos paquistaneses
4 muculmanos paquistaneses
5 muculmanos paquistaneses
6 muculmanos paquistaneses

Comentários

Mensagens populares