Cartazes com frase 'Nós confiamos em Deus' são banidos de escola dos EUA por questões laicas

American Legion PostUma escola da Carolina do Norte (EUA) se recusou a promover a divulgação de cartazes com a frase "Nós confiamos em Deus" em suas dependências, por uma uma questão laica, baseada no ideal de "separação de igreja e estado".

A organização American Legion Post, dedicada a veteranos de guerra norte-americanos, teve seu pedido da exposição dos cartazes negada pela Watauga County School, devido o receio da escola em ser processada por algum órgão em prol da liberdade de religião.
"Recebemos um e-mail da escola nos agradecendo, mas com a recusa de seus assessores jurídicos, que argumentaram não aceitar os cartazes", disse o pastor batista Rick Cornejo, membro da American Legion, ao canal norte-americano Fox News.
Ao se aprofundar na questão, Cornejo relata que a decisão é confusa e provoca uma série de controvérsias, pois ele não consegue compreender como os cartazes promovem qualquer tipo de religião.
"Como é que pode ser uma promoção de religião? O cartaz não diz nada sobre Jesus. Eu poderia entender se fosse um versículo da Bíblia, mas é apenas a frase 'Nós confiamos em Deus'", resume ele.
A distribuição dos cartazes faz parte de uma campanha estadual em toda a Carolina do Norte e a organização de Cornejo já conseguiu convencer 185 escolas. Contudo, o bloqueio deve se estender, mesmo com o interesse de professores da região.
"É realmente decepcionante. Os educadores estão nos pedindo para que os cartazes sejam colocados nas salas de aula, e agora não podem, pois os diretores não permitem", questiona Cornejo.
Vale frisar que a frase "Nós confiamos em Deus", ou "In God We Trust" em inglês, é o lema nacional dos Estados Unidos e foi aprovada pelo Congresso Americano em 30 de julho de 1956.

Comentários

Mensagens populares