Cristãos querem construir estátua de Jesus no Monte do Precipício em Nazaré

Cristãos querem construir estátua de Jesus no Monte do Precipício em NazaréBishara Shlayan, um cristão de origem árabe que vive em Nazaré está liderando um projeto que visa construir uma grande estátua de Jesus no Monte do Precipício, na cidade onde o Salvador viveu a maior parte da vida.
A angariação de fundos para o projeto já teve início e, segundo ele, a resposta da comunidade cristã árabe-israelense tem sido positiva, inclusive por parte dos judeus. Não foram divulgados muitos detalhes, mas a ideia é edificar uma estátua semelhante a do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, mas com proporções maiores.
Shlayan deseja ainda fundar um partido político cristão, cujo nome seria “Bnei HaBrit [Apoiadores da Aliança]. Um dos objetivos seria reforçar para o mundo que nem todos os árabes são muçulmanos e que muitos deles que vivem em Israel são cristãos. A proposta principal do partido é apoiar Israel como um Estado judeu e defender que os árabes sirvam no exército. Ele conta ainda que fundou a organização Diglei HaBrit [Bandeiras da Aliança] para coordenar a construção da estátua.
O Monte Kedumim, também conhecido como Monte do Precipício, segundo a tradição, é o local mencionado em Lucas 4 onde o povo de Nazaré tentou empurrar Jesus para o abismo, depois de rejeitá-lo como o Messias.
O local escolhido para a estátua pertence ao Fundo Nacional Judeu. O projeto já foi levado ao ministro do Turismo, Uzi Landau, o qual, segundo Shlayan, teria aprovado a iniciativa. Desde então Shlayan está buscando o apoio oficial do governo. Faltaria apenas isso para que as igrejas da região se aliassem a ele.
Embora alguns grupos muçulmanos e outros judeus que vivem na região tenham se manifestado contrários, Shlayan afirma que será bom para o turismo da região.
Recentemente, o muçulmano Ali Salam foi eleito o novo prefeito em Nazaré. No judaísmo e no islamismo, as estátuas são proibidas, consideradas uma forma de idolatria. ”Eu não acredito na adoração de estátuas, mas elas podem ser um símbolo do amor e de paz”, disse Shlayan. Com informações Jerusalém Post.

Comentários

Mensagens populares