Diácono da Igreja Maranata é preso suspeito de estuprar adolescente

Diácono da Igreja Maranata é preso suspeito de estuprar adolescenteO nome da Igreja Cristã Maranata voltou a aparecer nas páginas policiais dos jornais do Espírito Santo. Dessa vez foi a denúncia contra um diácono da igreja na cidade de Serra.
O homem de 42 anos teria estuprado uma adolescente de 14 anos que ele conheceu na igreja. O homem foi preso em sua residência e a garota estava com ele no ato da prisão.
“Recebemos denúncias informando que uma menina residia sozinha em uma casa no bairro São Domingos, e que todos os dias recebia visita de um homem, com idade para ser seu pai. Ele ficava por lá um bom tempo e depois saía”, disse o delegado Danilo Bahiense, superintendente de Tecnologia da Informação e Comunicação da Policia Civil da cidade.
No momento da prisão o homem portava preservativos e duas marmitas. O delegado informou que a primeira relação do suspeito com a vítima foi em setembro de 2013, quando ela tinha apenas 13 anos.
O relacionamento entre eles tem quase cinco meses, mas de acordo com a polícia o suspeito é casado e pai de quatro filhos. Com informações Terra.
O nome da Igreja Cristã Maranata voltou a aparecer nas páginas policiais dos jornais do Espírito Santo. Dessa vez foi a denúncia contra um diácono da igreja na cidade de Serra.
O homem de 42 anos teria estuprado uma adolescente de 14 anos que ele conheceu na igreja. O homem foi preso em sua residência e a garota estava com ele no ato da prisão.
“Recebemos denúncias informando que uma menina residia sozinha em uma casa no bairro São Domingos, e que todos os dias recebia visita de um homem, com idade para ser seu pai. Ele ficava por lá um bom tempo e depois saía”, disse o delegado Danilo Bahiense, superintendente de Tecnologia da Informação e Comunicação da Policia Civil da cidade.
No momento da prisão o homem portava preservativos e duas marmitas. O delegado informou que a primeira relação do suspeito com a vítima foi em setembro de 2013, quando ela tinha apenas 13 anos.
O relacionamento entre eles tem quase cinco meses, mas de acordo com a polícia o suspeito é casado e pai de quatro filhos. Com informações Terra.
O nome da Igreja Cristã Maranata voltou a aparecer nas páginas policiais dos jornais do Espírito Santo. Dessa vez foi a denúncia contra um diácono da igreja na cidade de Serra.
O homem de 42 anos teria estuprado uma adolescente de 14 anos que ele conheceu na igreja. O homem foi preso em sua residência e a garota estava com ele no ato da prisão.
“Recebemos denúncias informando que uma menina residia sozinha em uma casa no bairro São Domingos, e que todos os dias recebia visita de um homem, com idade para ser seu pai. Ele ficava por lá um bom tempo e depois saía”, disse o delegado Danilo Bahiense, superintendente de Tecnologia da Informação e Comunicação da Policia Civil da cidade.
No momento da prisão o homem portava preservativos e duas marmitas. O delegado informou que a primeira relação do suspeito com a vítima foi em setembro de 2013, quando ela tinha apenas 13 anos.
O relacionamento entre eles tem quase cinco meses, mas de acordo com a polícia o suspeito é casado e pai de quatro filhos. Com informações Terra.
Via Gospel prime

Comentários

Mensagens populares