Polícia italiana recupera relíquia de João Paulo II

A polícia italiana recuperou na sexta-feira o pedaço de pano manchado com o sangue do falecido Papa João Paulo II, um dia depois de terem encontrado o ouro roubado e caixa de vidro que continha a relíquia.
De acordo com o jornal italiano “La Reppublica”, as autoridades disseram, em entrevista colectiva, em L' Aquila, a leste de Roma, que encontraram o fragmento na garagem de dois homens que foram detidos por terem roubado o relicário na semana passada.
Dom Giovanni D' Ercole disse na mesma entrevista que já voltou a unir o relicário e o pano depois de a polícia os ter encontrado em pedaços. Na peça recuperada do tecido faltavam apenas alguns filamentos de pano e fios de ouro, disse.
"Eu acho que João Paulo perdoou. Acho que temos de fazer o mesmo", disse D' Ercole dos homens, que a polícia acredita serem toxicodependentes.
O relicário e um crucifixo foram roubados da igreja da montanha isolada de San Pietro della Ienca no último fim-de-semana. O pano era um fragmento da batina que João Paulo II usou em 13 de Maio de 1981, quando foi baleado numa tentativa de assassinato.

Fonte Renascença

Comentários

Mensagens populares