Papa Francisco confessa que quebrou um dos Dez Mandamentos e roubou crucifixo de um padre morto

Papa Francisco confessa que quebrou um dos Dez Mandamentos e roubou crucifixo de um padre morto“Não furtarás” -Êxodo 20:15. O mandamento dado a Moisés por Deus e tido no cristianismo como parte de uma doutrina de vida foi quebrado pelo papa Francisco, segundo ele mesmo.
Durante uma audiência na última quinta-feira, 06 de março, o papa confessou a sacerdotes romanos que ele havia sucumbido ao “ladrão que habita em todos nós” e roubado um crucifixo de um padre morto.
De acordo com o papa, que à época era o sacerdote Jorge Mario Bergoglio, seu impulso foi motivado pela necessidade de lembrança do amigo falecido.
Francisco contou que, quando estava em Buenos Aires, ele foi ao funeral de um padre idoso que ele admirava. Chegando ao local, percebeu que não havia flores no caixão, e resolveu comprar uma coroa e por no caixão onde o sacerdote morto segurava um rosário em sua mão.
“De repente, aquele ladrão que todos nós temos em nosso interior, veio em minha mente. Como eu estava deitado depositando as flores, tomei a cruz que estava sobre o rosário e, usando um pouco de força, peguei”, revelou o papa, de acordo com informações da agência Reuters.
O pontífice, que não disse quando o episódio ocorreu, acrescentou que ele manteve a pequena cruz consigo desde então, a fim de lembrar o sacerdote e a misericórdia que ele demonstrado com o próximo.
Fonte Gospel mais

Comentários

Mensagens populares