Universidade fundada por evangélicos realiza missa satânica

Universidade fundada por evangélicos realiza missa satânicaA famosa Universidade de Harvard tem atraído a ira de diferentes grupos cristãos nos Estados Unidos. Conhecida principalmente pelo seu curso de Direito, por seus bancos já passaram centenas de líderes da nação.
Fundada em 1636 por um grupo de evangélicos congregacionais, pertencente ao movimento dos puritanos, seu objetivo era formar líderes cristãos. Até hoje mantém uma faculdade de Teologia, a Harvard Divinity School.
Contudo, há muito já rompeu com suas raízes e um grupo de estudantes conseguiu autorização para realizar uma “missa negra satânica” em suas instalações na próxima semana.  O grupo “Templo Satânico”, com sede em Nova York, anunciou que fará a invocação do mal e sacrifícios de animais dia 12 de maio, na sede do Clube de Estudos Culturais de Harvard.
Apesar das críticas, a universidade disse que a cerimônia satanista faz parte de uma série de eventos que visa “explorar diferentes culturas”. Nas próximas semanas haverá reuniões conduzidas por xintoístas, budistas e outros grupos religiosos. A sede de Harvard é em Massachussests, Estado americano onde ocorreram os famosos julgamentos por bruxaria na cidade de Salem.
Em outubro de 1692, foram presas cerca de 150 pessoas acusadas de feitiçaria e satanismo na região, que resultou na condenação à morte de 20 mulheres, no evento que ficou conhecido como “julgamento das bruxas de Salem”.
Inicialmente, foi anunciado que a missa negra incluiria uma “profanação” da Eucaristia católica, que apresenta o corpo e o sangue de Cristo aos fiéis. Imediatamente, o presidente da Liga Católica Bill Donohue, exigiu o cancelamento do evento, classificando-o de um “ataque à sensibilidade cristã”.
Após a polêmica, a reitoria de Harvard emitiu uma resposta afirmando que o evento seria cultural e não religioso, ressaltando que “apoiamos os direitos de nossos alunos e sua capacidade de se expressar e falar livremente”.
Terrence Donilon, porta-voz da Arquidiocese de Boston, emitiu uma nota dizendo que se opunha veementemente conta a realização do evento e que incentiva os cristãos a rezarem, pedindo a proteção de Deus sobre o seu Estado. Outros grupos cristãos, incluindo evangélicos, tem se mostrado preocupados com o espaço que o satanismo vem ganhando nos últimos anos no país.
A organização Tempo Satânico é a mesma que conseguiu autorização e dinheiro para erguer uma estátua em homenagem a Satanás no Estado de Oklahoma a ser colocada ao lado de um monumento com os 10 Mandamentos.  O grupo quer se valer da máxima de que o Estado é laico e deve aceitar a representação de todas as religiões, incluindo o satanismo. Com informações de Daily Mail.
Via gospel prime

Comentários

Mensagens populares