Jogo de RPG fala contra pastores que enriquecem às custas dos membros

Jogo de RPG fala contra pastores que enriquecem às custas dos membros
A editora Daemon conseguiu arrecadar R$ 92,7 mil para criar um jogo de RPG que promete ser uma grande polêmica. O jogo ganhou o nome de “Pequenas Igrejas, Grandes Negócios”, que como o nome sugere irá mexer diretamente com igrejas evangélicas.

A arrecadação da verba para a criação do game foi feita pelo site “Cartase” e se tornou um grande sucesso de participantes, conseguindo o valor necessário para projetar o jogo que será vendido pela web.
No “Pequenas Igrejas, Grandes Negócios” ganha quem conseguir ter a reputação ‘menos manchada’ até o dia do arrebatamento. Mas para chegar até o final do jogo, o gamer tem que derrotar seus rivais jogando cartas que podem acusá-los de desvios de dinheiro ou charlatanismo por venderem produtos como o “óleo que restaura a virgindade”.
Para criar o jogo o diretor da empresa, Marcelo Del Debbio, 39 anos, disse que usou informações de notícias reais publicadas na imprensa.
Debbio garante que o objetivo não é falar contra os evangélicos, mas de líderes que usam a fé das pessoas para enriquecer. “No jogo também tem pai de santo picareta e rabino picareta”, adianta.
Ao contrário dos demais produtos da Editora Daemon, o jogo “Pequenas Igrejas, Grandes Negócios” não será vendido em bancas e lojas de brinquedos, apenas pela internet sendo que os doadores do Catarse serão os primeiros a receberem o jogo que tem tiragem de 2.000 exemplares.
fonte gospel prime

Comentários

Mensagens populares