Um a cada 50 pastores anglicanos é ateu, diz pesquisa

Dados revelam perfil da fé nas igrejas europeias
Um a cada 50 pastores anglicanos é ateu, diz pesquisaUm a cada 50 pastores anglicanos é ateu, diz pesquisa
Uma pesquisa publicada no Reino Unido indica que um em cada 50 pastores e bispos acreditam que “Deus é apenas uma construção humana”. Dez por cento deles afirmam apenas que “Ninguém pode saber como Deus é”. Apenas oito em cada dez acreditam que existe um Deus pessoal e somente três de cada 100 afirmam que realmente há alguma força espiritual em ação.
Promovida pelo Instituto YouGov, a enquete entrevistou mais de 1.500 líderes religiosos da Igreja Anglicana e foi apresentada durante os debates sobre o futuro da Igreja da Inglaterra que ocorrem esta semana. Os índices mostram uma crescente aceitação de outras religiões, com mais de 40% dos líderes acreditando que embora o cristianismo seja o “melhor caminho” para Deus, outras religiões podem oferecer caminhos válidos.
Os números revelam o que ocorre na Igreja Episcopal Anglicana, a igreja oficial da Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda. O Reino Unido foi, no século 19, responsável pelo envio de missionários para quase todos os países do mundo. Marcada pelo liberalismo teológico há décadas, os anglicanos hoje não divergem muito da maioria dos religiosos europeus no início do século 21.
A pesquisa também revela que a dos pastores e bispos acreditava que, embora a Igreja deva estabelecer os princípios gerais em questões como casamento gay, morte assistida e aborto, as pessoas devem decidir por si mesmas.  Ao falar sobre a estrutura a que pertencem, mais de um terço afirma que a Igreja é “fechada e fora de contato com a realidade”. Cerca de 40% afirmam que ela é “muito dividida e desorganizada”.
Em uma análise sobre o bem que a Igreja faz, quase seis em cada dez entrevistados acredita que ela traz as pessoas mais perto de Deus. Metade disse que a Igreja é um apoio às pessoas necessitadas.
Outra pesquisa do Instituto YouGov no Reino Unido, realizada ano passado, mostra que apenas 25% das pessoas da Geração Y (com menos de 35 anos) dizem crer em Deus, enquanto 38% declaram não crer. Apenas 10% delas participa de um culto religioso pelo menos uma vez por mês. Além disso, 41% dos entrevistados acreditam que a religião causava mais mal do que bem ao mundo. Com informações Christian Today

Comentários

Mensagens populares