Britanico defende wi-fi gratis em igrejas

Para Andrew Lloyd Webber, a instalação de internet gratuita poderá trazer as igrejas de volta ao centro da comunidade. O objectivo é atrair britânicos de volta à igreja. O objectivo é atrair britânicos de volta à igreja.
Hoje em dia, as igrejas estão longe do peso social que tinham noutros tempos. Ainda assim, há quem queira fazer com que estes locais de culto voltem a encher-se, recuperando a popularidade de outrora. Entre eles encontra-se Andrew Lloyd Webber, autor de musicais como "Jesus Christ Superstar" ou "Cats". A proposta do britânico para atrair novamente a população do Reino Unido à igreja é simples: wi-fi gratuita. 
Em declarações ao Daily Mail, o compositor mostrou-se convicto de que o acesso a internet grátis é a solução. "Quando isso acontecer, as igrejas voltarão a ser o centro da comunidade", refere, acrescentando que o objectivo é instalar postos de acesso em todos os edifícios religiosos do país. Paralelamente a isto, Andrew Lloyd Webber considera também importante o desenvolvimento de apps dedicadas às diversas igrejas no Reino Unido. Entre os exemplos que o compositor mencionou, incluíam-se aplicações dedicadas à divulgação de informações históricas sobre estes locais de culto, bem como um elenco dos seus "tesouros escondidos". 
Ainda ao jornal Daily Mail, o artista assegurou que a sua proposta é exequível e que está, neste momento, a ser discutida com membros do executivo britânico. "O governo já indicou que estaria disponível para financiar a ideia de instalar wi-fi", refere o artista, acrescentando que o ministro da Cultura se encontra a analisar a ideia "activamente". Mas a proposta de Andrew Lloyd Webber não se fica apenas pelo acesso à internet grátis no interior das igrejas. Tal como o britânico refere, o seu objectivo é que as cidades fiquem também equipadas com postos de emissão de internet que poderão ser colocados em torres, de modo a que a wi-fi esteja disponível para toda a comunidade. 
Estas são medidas que, na opinião do compositor, permitiriam que os espaços religiosos voltassem "à sua tradição medieval", ocupando um lugar mais central nas cidades inglesas e funcionando, uma vez mais, como locais "usados para os pequenos negócios locais". Recorde-se que a instalação de postos wi-fi tem sido, ao longo dos últimos anos, uma estratégia utilizada por estabelecimentos e serviços dos mais diversos tipos - desde os cafés até às cadeias de transportes públicos - na tentativa de atrair novos clientes.

Publicado em Blasting News

Comentários

Mensagens populares