Sabia que existe uma ilha fantasma chamada Brasil na cultura irlandesa?

Se você gosta de pesquisar sobre civilizações antigas que foram supostamente perdidas do mapa (Atlantis e Lemúria, por exemplo), provavelmente já deve saber que nem tudo é lenda ou apenas boatos místicos acerca do assunto. Veja a cidade de Tróia por exemplo, cuja lenda foi citada por Homero em sua obra literária “Ilíada” e somente séculos depois foi realmente revelada ao mundo nos anos 1870 pelo arqueólogo alemão Heinrich Schliemann. Até então, a maioria das pessoas acreditava que se tratava se uma simples mentira ou apenas mitologia — estavam errados!
A inusitada Ilha Brasil (também chamada de Ilha do Brazil, Ilha de São Brandão, Brasil de São Brandão ou Hy Brazil) faz parte da mitologia gaélica irlandesa, surgindo primeiramente através de relatos de marinheiros — culpa da expedição do monge irlandês São Brandão por volta do ano 565 —, que citavam em seus registros uma porção de terra encontrada no Atlântico Norte, mas ela desaparecia em meio à neblina e nevoeiros espessos.
Conforme o tempo foi passando, alguns mapas antigos (a partir do século XIV) e cartógrafos aventureiros apontavam localidades diferentes para esse lugar enigmático, chegando até mesmo a supor que a ilha estaria na costa da América do Sul.
Na imagem abaixo, é possível conferir um mapa catalão de 1350 em que esse lugar inusitado constava — como se fosse um paraíso movediço. Além desse, segue uma lista de outros mapas famosos por mostrarem a Ilha Brasil: Dall'orto (1325), Pizigani (1367), Canepa (1489), Gutierrez (1562), Wagenhaer (1583), Mercator (1595), Magini (1597), Blaeu (1617). Detalhe: a maioria das missões para a descoberta do local era financiada pelos próprios monarcas da época.

O mistério em si

De acordo com as lendas medievais e relatos de algumas pessoas, a Ilha Brasil aparece aos nossos olhos — reles mortais — uma vez a cada sete anos. Dizem que um dos que avistaram o lugar lendário foi o capitão John Nisbet, em uma viagem entre a França e Irlanda, entre 1674 e 1675. Para você ter ideia, a Coroa até deu o direito de exploração da ilha para o cara, mas ele não a encontrou mais. Por outro lado, alguns dizem que isso não passava de uma formação vulcânica passageira — será?
Obviamente, com todo esse ar de mistérios sobre a Ilha Brasil, algumas informações bem iludidas e fora da capacidade pensante de um ser humano sugeriram que o lugar era milagroso (conceito similar a muitas civilizações antigas, como os sumérios, toltecas etc.), com a cultura e povo intelectualmente avançado e domínio sobre a verdadeira ciência do Sol, assim como a transmissão da verdadeira espiritualidade, como alguns profetas (sem registros históricos) fizeram. A lenda diz que o lugar era a Terra Prometida dos Santos, um paraíso terrestre onde somente os seres puros viviam.

Brasil: uma ilha celta?

Algumas vertentes de historiadores conceituados e não sensacionalistas atribuem o nome “Brasil” à lendária ilha e não da árvore Pau Brasil, como nós aprendemos na escola. Antes de tudo, saiba que os nativos das terras tupiniquins chamavam essa árvore de Araboutan ou Ibira Piranga, ou seja, o nome Brasil não surgiu aqui.
Existem dois termos interessantes de origem celta para você prestar atenção: “brasas”, de origem germânica e “braazi”, que significa “terra grande”. Além disso, você já deve saber que o Pau Brasil possui a cor avermelhada, não é verdade?
Pois é, os bois avermelhados em Portugal — nossos pais exploradores, mas que não foram os primeiros a pisarem na América do Sul — eram comummente apelidados de “brazino”, termo gaélico irlandês que equivale a “breazáil” ou ainda do termo “O’Brasil” que remete a seguinte tradução: “descendentes do vermelho”.
Com a palavra, Geraldo Cantarino: “Para Roger Casement, não existe a menor dúvida que tanto os livros escolares, enciclopédias e dicionários como os brasileiros indagados individualmente estavam cometendo um engano. Por mais estranho que possa parecer, o Brasil deve o seu nome não à abundância de um certo pau-de-tinta, mas à Irlanda. A distinção em nomear o grande país da América do Sul, eu acredito, pertence seguramente à Irlanda e a uma antiga crença irlandesa tão remota como a própria mente celta”.
Uma coisa é certa: hoje em dia, nenhuma imagem de satélite (você pode ver algo do tipo no Google Earth) mostra ou indica esse local inusitado.

***

E você, leitor, o que sabe sobre a misteriosa Ilha Brasil? Não deixe de compartilhar sua informação com a gente nos comentários abaixo.
Fonte-http://www.megacurioso.com.br/

Comentários

Mensagens populares