Jarro de 3 mil anos é encontrado com inscrição da era do Rei Davi

O objeto de argila pertenceu a Eshbaal, também citado na Bíblia como Is-Bosete
Jarro de 3 mil anos é encontrado com inscrição da era do Rei DaviJarro com nome de personagem bíblico é encontrado
Escavações realizadas em Khirbet Qeiyafa no ano de 2012 encontraram pedaços de um jarro de argila e as inscrições no recipiente despertaram curiosidade nos pesquisadores.
Os estudos foram feitos e essa semana os arqueólogos israelenses divulgaram que a vasilha de argila tem cerca de 3.000 anos e traz o nome de “Eshbaal Ben Beda” em letras antigas.
A cidade onde foi encontrado o utensilio fica próxima à cidade israelense de Beit Shemesh, local onde aconteceu a batalha entre Davi e Golias. O Instituto de Arqueologia da Universidade Hebraica de Jerusalém e a Autoridade de Antiguidades de Israel estudaram juntas o objeto e divulgaram que agora ele pode comprovar a existência do Rei Saul, pois o objeto pertenceu a um de seus filhos.
“Trata-se da primeira vez que aparece o nome Eshbaal em uma inscrição antiga no país. Eshbaal Ben Shaul, que governou Israel na mesma época que Davi, é citado pela Bíblia”, afirmou Yosef Garfinkel pesquisador da Universidade Hebraica.
“É interessante destacar que o nome Eshbaal aparece na Bíblia, e agora também em um documento arqueológico. Este nome só foi usado durante a era do rei Davi. O nome Beda é único e não aparece em inscrições antigas ou na tradição bíblica”, diz.
A descoberta também é importante por se tratar da primeira inscrição encontrada datada do século X a.C. no Reino da Judeia. “Isto muda totalmente nosso entendimento da expansão da escritura no reino e agora fica claro que estava muito mais estendida do que pensávamos”, dizem os pesquisadores.
Além do jarro pertencente ao rei Saul, os arqueólogos encontraram uma fortificação, duas portas, um palácio, armazéns, quartos e salas de culto que faziam parte de um assentamento datado do final do século Xi e princípio do século X a.C.

Quem era Eshbaal Ben Beda ou Esbaal Ben Shaul?

A palavra hebraica ben significa filho e era usada para identificar a família da pessoa, ou seja, Eshbaal filho de Saul. A Bíblia diz em I Crônicas 8:33 que “Ner gerou a Quis, e Quis gerou a Saul; e Saul gerou a Jônatas, a Malquisua, a Abinadabe, e a Esbaal”.
O nome de Esbaal só aparece na Bíblia em Crônicas, em Samuel ele já é citado como Is-Bosete, pois seu nome original traz ligações com o nome do deus Baal.
Com o achado em Israel dá para dizer, como explica o site do Ministério dos Negócios Estrangeiros de Israel, que Eshbaal era dono de uma grande propriedade agrícola e os produtos recolhidos nessas terras eram transportados em frascos que levavam o seu nome.
Os textos de II Samuel capítulos 3 e 4 narram a guerra entre a Casa de Davi e a de Saul e mostra a morte de Abner em um complô secreto feito sem autorização de Davi e também a morte de Is-Bosete que foi morto por dois capitães de tropas enquanto dormia.
A cabeça de Is-Bosete foi levada à Davi em Hebrom e o rei não ficou contente com a morte e ordenou que seus homens matassem os assassinos do filho de Saul.

Comentários

Mensagens populares