expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Seguidores

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

'Neta' de Morgan Freeman terá sido morta durante exorcismo

Novos pormenores macabros terão sido revelados sobre a morte de E'Dena Hines

Muere asesinada la nieta de Morgan Freeman durante un exorcismo

A neta da primeira mulher de Morgan Freeman foi encontrada morta, esta madrugada, com ferimentos no tronco provocados por um objeto cortante. E'Dena Hines tinha 33 anos e foi encontrada já sem vida na sua casa, em Nova Iorque. A notícia já tinha sido dada, mas agora foram revelados novos pormenores, no mínimo assustadores. O jornal britânico Daily Mirror, adianta que E’Dena terá sido morta pelo ex-namorado, quando este tentava fazer um exorcismo com ela.
Uma das testemunhas afirma ter ouvido o namorado a gritar: "Saiam demónios! Eu castigo-vos, demónios! No nome de Jesus Cristo, eu expulso-vos", terá dito o assassino antes de consumar o ato.
A testemunha de 65 anos terá assistido ao crime da janela da sua casa telefonando depois para o 112. "A rapariga estava a fazer muito barulho!", acrescenta a testemunha.
"O mundo nunca vai conhecer o seu talento, e o quanto ela tinha a oferecer. Seus amigos e família tinham sorte de terem conhecido sua pessoa. A sua estrela continuará a brilhar forte em nossos corações, pensamentos e orações. Descanse em paz" escreveu a família num comunicado.
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Estranhamente os vizinhos de Amy winehouse  relataram algo estranhamente similar da noite em que ela foi morta  Um vizinho de Amy Winehouse, que pediu manter o anonimato, declarou à imprensa que, na sexta-feira (22), acordou assustado porque ouvia gritos vindos da casa de Amy. 
"Ouvi ruídos enormes, como se alguém estivesse sentindo dores. Brinquei com meu filho dizendo a ele que talvez ela estivesse usando drogas", afirmou o vizinho, segundo a agência de notícias EFE. 
Um dos vizinhos de Amy disse estar convencido de que ela morreu nas primeiras horas da quinta-feira, porque ele ouviu gritos “Eu acho que algo aconteceu naquela noite. Parecia algum tipo estranho de jogo sexual. Havia gritos e uivos”. O homem que não quis se identificar, disse que fora acordado pelo barulho, por volta das 2hs da manhã. “Pareceu realmente algo estranho e meu filho disse ter ouvido algum tipo de batida de tambor”

Esta tarde, ele viu um dos amigos da Amy chorando dentro da casa e concluiu que ela estava morta. Ele acredita que um amigo a deixou em casa, depois de ela ter se divertido na noite e que a mesma pessoa voltou naquela tarde, encontrando o corpo dela. “Ela ultimamente, tem tido um comportamento calmo, não costuma chamar a atenção e por isso, quando eu ouvi estes sons – gritos - eu pensei não era algo típico dela. “Eu falei para meu filho ‘Talvez, ela tivesse feito uso de uma droga que lhe fez mal’”.

Ele disse que a viu por volta de três semanas antes do ocorrido, Amy estava sendo ajudada por seus funcionários e ela não era capaz de caminhar, às 10hs da manhã “Ela não conseguia caminhar, mal conseguia botar um pé na frente do outro.” Seu gato Sky, costumava vir aqui em casa para comer e dormir contou o homem.

A proprietária de um restaurante local, Zé Silva, 56 anos, disse que Amy vinha ao restaurante regularmente, duas vezes na semana. Ela a viu na última terça-feira e disse que a cantora afirmou ter parado com a bebida “Ela não tinha mais nada com bebida alcoólica. Ela disse para mim ‘ Querida, não me dê álcool, eu não estou mais bebendo’.” Ela estava normal. Ela falaria com qualquer um, tirou fotos e deu autógrafos para as crianças que pediram. “Ela era uma boa garota, estou muito triste”

Amy vinha ao restaurante, A Baia, para jogar sinuca com seus guarda-costas e para que eles buscassem seu café-da-manhã. Flores, ursinhos-de-pelúcia e velas foram deixados perto do isolamento policial que bloqueia parte de Camden Square. “Em um dos cartões deixados para Amy, se lê:” Você jamais será esquecida em Camden. Nós todos te amamos e iremos continuar te amando. “Você é uma lenda viva.” -24, Londres, Amy Winehouse death: Neighbour in Camden heard ‘screaming and howling’


Isto nos leva para a questão mais importante: A morte de Amy Winehouse foi um homicídio ou talvez, um ritual de sacrifício?

Ela estava sob o controle mental e foi morta por seus manipuladores? Seria sua morte simplesmente o resultado da exposição de uma indústria corrompida?

Após a morte de Amy Winehouse a cantora Kelly Clarkson postou no twitter, uma mensagem triste sobre o fato.


“Eu soube da notícia sobre Amy Winehouse. Eu estou imensamente triste. Eu não a conheci mas, a encontrei algumas vezes e a ouvi cantar antes de sua destruição. Ela era uma garota bonita e talentosa. Eu estou irritada. Que desperdício, alguém tão talentosa. Que vergonha que ela não tenha tido nenhuma visão de esperança e continuou vivendo sua vida do mesmo modo. Eu tenho estado emocional e mentalmente deprimida e isto é esmagador. Eu continuo a me questionar, porque alguns de nós somos poupados e outros servem de exemplo. Eu estou muito irritada e triste. Eu não sei por que, isto me incomoda tanto. Às vezes, acho que este trabalho causará a morte de todos nós ou pelo menos, a morte emocional de todos nós. Talvez, seja por isso que quando eu era pequena, na escola dominical, eu tenha aprendido que Deus não queria deuses e ídolos falsos. Eu achava que isso era uma atitude egoísta de Deus, enquanto criança, mas agora eu acho que eu o entendo. Ele não queria que seguíssemos pessoas ou objetos que são imperfeitos, não tanto por conta dos seguidores, mas por conta dos deuses e/ou ídolos que jamais serão o que todos queremos ou precisamos que sejam, porque eles são feitos para serem imperfeitos. Ele sabia que nós não seriamos capazes de agüentar a pressão, a vergonha, a glória ou poder que as luzes do palco nos trazem. Eu estou confusa. Eu também estou extremamente grata e agradecida às pessoas que me amam e apóiam. Sem estes maravilhosos amigos e familiares, quem sabe onde eu estaria. Meus pensamentos e orações estão com os amigos e familiares de Amy. Eu sinto muito pela sua perda. Eu rezo para que haja paz nos seus corações.”

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixe aqui o seu comentário...

Ciencia

Ciencia