Outcast: depois dos zombies, os exorcismos

Robert Kirkman, autor de The Walking Dead, regressa ao pequeno ecrã com mais uma criação sombria. Estreia-se em 2016.

"Já vi muita coisa. Pensava que já tinha visto o pior sofrimento que um homem pode viver mas nunca tinha visto nada como aquilo". Esta é a primeira frase do trailer de apresentação deOutcast, a nova série criada por Robert Kirkman, que a Fox planeia estrear nos seus canais internacionais no início do próximo ano. Tal como em The Walking Dead, o universo deOutcast é sombrio, escuro, lúgubre. Mas, ao contrário do fenómeno de audiências e fandom onde os zombies dominam o mundo, esta nova série centra-se num tema tão caro quanto replicado, quer na ficção televisiva, quer no cinema: os exorcismos.

Outcast
, uma adaptação da banda desenhada homónima de Kirkman (ilustrada por Paul Azaceta) é protagonizada pelo norte-americano Paul Fugit (de filmes como Quase Famosos e Em Parte Incerta), que interpreta Kyle Barnes, um homem amaldiçoado desde criança por um espírito demoníaco. Quando conhece o reverendo Anderson (interpretado pelo britânico Philip Glenister), um homem que tem também os seus próprios demónios e segredos do passado, Kyle embarca numa viagem para descobrir respostas e conseguir, finalmente, ter uma vida normal. Só que, nessa procura, vai fazer uma descoberta que pode mudar o seu destino (e o destino do mundo) para sempre
.

Comentários

Mensagens populares