expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Seguidores

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Forças iraquianas recuperam túmulo do profeta Jonas

Jihadistas dominavam o local desde a ascensão do Estado Islâmico

Em julho de 2014, as forças do então nascente Estado Islâmico dominaram a cidade de Mosul, no Iraque. Além de destruir 11 igrejas, atacaram o túmulo do profeta Jonas.
Chamado de Younis em árabe, o local atraía visitantes e ficava dentro uma mesquita que levava o seu nome.
Esta semana, após mais uma investida das tropas iraquianas, foi recuperado o controle da região. A maioria dos jihadistas abandonou Mosul após um conflito que durou meses e contou com o apoio aéreo da Rússia.

Professor Cria Curso Online p/ Bacharel Livre em Teologia com VÍDEO AULAS


“Reassumimos o controle da zona de Nabi Younis. Erguemos a bandeira iraquiana sobre a tumba”, afirmou Sabah al-Noman, porta-voz do Serviço Iraque de Luta contra o Terrorismo, que lidera a ofensiva militar em Mosul.
O local do túmulo, erguido no século VIII a.C. deverá ser reconstruído nos próximos meses.    Ele está entre as dezenas de locais históricos destruídos ou gravemente danificados pelos soldados do Estado Islâmico, que os consideravam local de idolatria.

Após intensos combates, que custaram a vida de muitos civis, o tenente -geral do exército iraquiano, Talib Shaghati, disse que em breve eles retomarão a porção ocidental da cidade, que ainda está na mão de grupos terroristas.

Com informações de CBN a ascensão do Estado Islâmico

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixe aqui o seu comentário...

Ciencia

Ciencia