Morreu o padre Joaquim Carreira das Neves :(

Em nosso Blog ,como tempo fomos falando de imensos temas um deles  Personagens Históricos , onde até fizemos uma dedicatória a este grande senhor http://portugalmisterioso.blogspot.pt/2011/11/joaquim-carreira-das-neves.html
 Hoje passados alguns anos de nossa postagem, vimos tristemente noticiar  sua morte, Padre franciscano, especialista em estudos bíblicos, tinha 83 anos.
 padre franciscano Joaquim Carreira das Neves faleceu esta sexta-feira, em Lisboa, com 83 anos. A informação foi avançada pela Província Portuguesa da Ordem dos Frades Menores (Franciscanos).
O professor de Teologia Bíblica na Universidade Católica Portuguesa (UCP) foi autor de várias obras científicas e de divulgação, tendo colaborado regularmente com o programa "Ecclesia", da RTP2.
Resultado de imagem para joaquim carreira das neves
Joaquim Carreira das Neves nasceu a 26 de Junho de 1934 na Caranguejeira, concelho de Leiria, e foi ordenado sacerdote a 13 de Julho de 1958. Licenciou-se em Teologia, em Roma, doutorando-se em em Teologia Bíblica na Universidade Pontifícia de Salamanca, em 1967, com uma tese sobre a Teologia na tradução grega dos setenta.
Em 2011, numa entrevista à Agência Ecclesia, o religioso franciscano falava da sua luta contra o cancro, que o deixara várias vezes “às portas da morte”, com a ajuda da fé e da oração.
“Nós somos um todo, matéria e espírito. Se tivermos boa disposição, se não nos agarrarmos à nossa doença mas nos agarrarmos à vida, com esperança, com fé, mais facilmente se leva a vida” referia, então.
Autor de várias obras literárias ligadas aos estudos bíblicos – entre as quais ‘As Grandes Figuras da Bíblia’ – o frei Joaquim Carreira das Neves foi homenageado em 2005 com uma edição especial da revista "Didaskalia", na qual o padre João Lourenço, actual director da Faculdade de Teologia da UCP, falava numa “vida em prol da Bíblia”.
Para além do estudo sobre os textos evangélicos, Carreira das Neves desenvolveu investigações sobre a pessoa de Jesus e a cristologia das primeiras comunidades cristãs.
A vida e obra do religioso, membro da Academia das Ciências de Lisboa, estão no centro do livro "O coração da Igreja tem de bater - Um biblista confessa-se", entrevista ao jornalista António Marujo.
“O padre Joaquim Carreira das Neves é um dos nomes mais importantes nos estudos bíblicos em Portugal. Apesar dos seus profundos conhecimentos e erudição acerca da Bíblia, ele consegue também aproximar-se do grande público pela acessibilidade e clareza com que fala dos assuntos”, explica a Paulinas Editora.
Partiu numa atitude de gratidão
O frei Albertino da Silva, também franciscano, acompanhou de perto o padre Joaquim Carreira das Neves nesta fase final da sua vida e fala de um grande homem que deixou marcas em Portugal. "Ele marcou Portugal e oibviamente marcou uma grande parte da Igreja em Portugal, com alguns sacerdotes que ajudou a formar na área da Sagrada Escritura. São vários ecos que nestes minutos nos vão chegando de ex-alunos dele, sacerdotes, não sacerdotes, leigos, do carinho, da ternura e da gratidão que têm para com este grande homem, este grande sacerdote franciscano. A simplicidade dele e a forma tão afável e carinhosa que ele tinha de fazer amigos também se repercute na importâcia que este homem teve."
"Ele partiu assim, numa atitude de gratidão e de entrega também para todos aqueles que o ajudaram a ser ele próprio. É um homem que partiu para o céu, não tenhamos dúvida, depois de um tempo de algum sofrimento, mas também de muita paz serena, partiu para junto de Deus esta manhã", diz.
Frei Albertino sublinha a importância do padre Carreira das Neves sobretudo nos estudos da Sagrada Escritura. "Deixou uma grande investigação, mais de 10 livros que tem sobre como ler a Bíblia hoje. Estava agora mesmo quase a concluir um grande livro que chegou a dizer que seria o livro da sua vida, sobre São João. Era esta a área em que ele se movimentava e o legado que deixa é este, de irmos reinterpretando a sagrada escritura através dos tempos, não ficarmos parados, mas trazer sempre algo de novo à tona do que era conhecer as Sagradas Escritura, daquilo que a Igreja pode beber da herança que nos chega do Judaísmo."
Resultado de imagem para joaquim carreira das neves
"Um verdadeiro franciscano"
Também o padre Tolentino Mendonça, que é também especializado em estudos bíblicos, recorda com saudade um "verdadeiro franciscano" que foi também seu professor.
"Foi um dos grandes tradutores da Bíblia para português. Durante anos fez parte das equipas que sucessivamente iam actualizando as traduções da Bíblia. Foi também um dos professores destacados da faculdade de Teologia e para o grande público era o especialista capaz de trocar por miúdos as grandes questões, com uma abertura de alma e uma capacidade de dialogar com crentes e não crentes e com uma inscrição no espaço público verdadeiramente invulgar", diz o padre Tolentino.
"Era um verdadeiro franciscano, no sentido da simplicidade da vida, do valor que dava às relações com as pessoas, sempre caloroso, sempre a colocar as pessoas no centro, relativizando os problemas, tentando encontrar soluções, com grande sentido de humor mas sobretudo centrando o coração e o acolhimento das pessoas, a alegria de uma conversa, de um encontro. É de facto a figura de um grande mestre da cultura portuguesa, foi um grande homem de igreja mas também um grande homem de cultura."
Enquanto professor, recorda o padre Tolentino, o padre Carreira das Neves fazia questão de estar sempre actualizado. "Fazia parte daqueles professores que dão as suas aulas não pelo primeiro livro que leram, há tantos anos atrás, mas dava as suas aulas pelo livro que estava a ler naquele momento. E por isso, de ano para ano, as aulas do Prof. Carreira das Neves eram sempre novas. Ele não parecia o mais velho, em termos da curiosidade pelo conhecimento ia à frente de cada geração dos seus alunos."

Comentários

Mensagens populares