Rituais de Banimento



O que é um ritual de banimento?


"A primeira tarefa dum Magista em toda cerimônia é consequentemente tornar seu Círculo absolutamente impenetrável.—Aleister Crowley

Um banimento é geralmente efetuado antes do início de um ritual mágico. Isto tenciona limpar a área do ritual – tanto faz ser um quarto ou um círculo mágico— de todos aqueles elementos que possam interferir na operação mágica. O Banimento consiste em remover todos os objetos de um lugar de trabalho para por dentro deste espaço reservado aqueles objetos que sejam pertinentes à operação.

Em cerimônia elaboradas, o Magista pode optar por banir todos os elementos (Ar, Terra, Fogo, Água, & Espírito), os planetas, os signos do zodíaco, espíritos, formas-divinas e até mesmo as dez Sephiroth. Inclusive as forças que serão invocadas são banidas. Como diz Crowley , “porque esta força como existe na Natureza é sempre impura”.

Rituais de banimento também podem ser executados como finalidade em si. Isto pode ser feito por vários motivos – para limpar um cômodo ou casa, para eliminar energias negativas ou indesejadas ou simplesmente para acalmar e balancear a mente. Vários magistas praticam rituais de banimento diariamente. " RETIRADO DA SÉRIE: MAGIA EM TEORIA E PRÁTICA.

Existe um muito famoso Ritual de Banimento que era utilizado pelos adeptos da Golden Dawn e ainda é utilizado por muitos magistas e ordens pelo mundo afora, este ritual é conhecido como Ritual Menor do Pentagrama, tal ritual tem como parte do procedimento a vibração de nomes divinos, as vezes muito difícil para aqueles que não estão adaptados com a a Magia Hebraica, por isso colocarei o procedimento do mesmo (sem maiores explicações das pronúncias, faço isso outra hora) e também colocarei o procedimento de um outro Ritual de Banimento, muito utilizado pelos membros da corrente da Magia do Caos, chamado Ritual Gnóstico do Pentagrama, sendo este mais fácil por não conter símbolos da magia Hebraica, possibilitando assim maior facilidade para aqueles que não estão adaptados a este sistema. Seque os Rituais abaixo:


Ritual Menor do Pentagrama

i. Toque a testa e diga Ateh ( À Ti ),

ii. Toque o peito e diga Malkuth ( O Reino ),

iii. Toque o ombro direito e diga ve-Geburah ( e o Poder ),

iv. Tocando o ombro esquerdo diga ve-Gedulah ( e a Gloria ),

v. Juntando as mãos no peito diga le-Olahm, Amen ( para todas as Eras Amén ).

vi. Virando para o Leste desenhe um pentagrama (o da Terra ) com a arma mágica
apropriada (o Bastão é mais comum). Diga (vibrando ) HVHY.

vii. Virando para o Sul, da mesma maneira, porém diga YNDA.

viii. Virando para o Oeste, da mesma maneira, porém diga HYHA.

ix. Virando para o Norte, da mesma maneira, porém diga AGLA
( Pronuncie: Ye-ho-wau, Adonai, Eheieh, Agla ).

x. Abrindo os braços na forma de cruz diga,

xi. A minha frente Raphael;

xii. Atras de mim Gabriel;

xiii. A minha direita, Michael.

xiv. A minha esquerda, Auriel;

xv. Pois ao meu redor flamejam os Pentagramas,

xvi. E na Coluna do Meio brilha a Estrela de Seis Raios.. Repetir (i) a (v), a Cruz
cabalística.

DE ACORDO COM: Liber O vel Manus et Sagitae Svb Figvra VI Publicação em Classe B da A.´.A.´.


Agora segue abaixo o Ritual Gnóstico do Pentagrama:

O Ritual Gnóstico do Pentagrama "Rituais de Banimento", como são comumente conhecidos, servem para vários propósitos. Ao princípio e ao fim de longos rituais, eles são utilizados para estabelecer e restabelecer a concentração, o equilíbrio e o controle. Eles, também, podem ser usados para práticas de visualização, com o intuito de afastar influências indesejáveis. O tradicional Ritual Menor do Pentagrama, utilizado pelos adeptos da Golden Dawn, vem se tornando menos eficaz, com o passar do tempo.

Nos dias de hoje, poucas pessoas estão suficientemente ligadas ao misticismo Hebraico ou ao estudo da Cabala para extrair poder dos nomes de deus ou da figura dos anjos. Por persistir a ineficácia crescente do Ritual Menor do Pentagrama e suas variáveis em outras tradições, evidencia-se a necessidade de um novo ritual para esta finalidade. Apresento-vos o Ritual Gnóstico do Pentagrama. Ele preenche todos os objetivos de um ritual de banimento, sem estar preso a qualquer simbolismo em particular. E é, adicionalmente, aplicável como uma técnica de cura. O RITUAL O Ritual Gnóstico do Pentagrama começa com a visualização de uma radiância, em cinco partes do corpo. Cada visualização é acompanhada da vibração do som de uma vogal I, E, A, O, U. Os sons são vibrados altos e mantidos por uma exalação completa. Cada um deve causar uma sensação física na parte do corpo correspondente. De fato, o corpo deve ser tocado como um instrumento musical, com cada parte ressonando de acordo com um tom. Em seqüência, pentagramas são desenhados no ar, em quatro pontos, ao redor do operador.

Os pentagramas devem ser desenhados no ar, em cada quadrante, no sentido anti-horário, até que o operador retorne à posição de origem. Os pentagramas devem ser fortemente visualizados, de olhos abertos ou fechados, como melhor lhe aprouver.

Cada um deve ser acompanhado com uma intonação alta do som de todas as cinco vogais I, E, A, O, U, em uma única exalação, com um som para cada barra do pentagrama que for desenhada.

O mantra IEAOU é utilizado, aqui, para impedir um pensamento discursivo.

Finalmente, o operador visualiza a radiância em várias partes do corpo, reforçada individualmente pelo mantra I, E, A, O,U, que é repetido. O Ritual pode ser mais elaborado, se preferir, por exemplo, adicionando-se cores para a visualização das radiâncias ou adicionando pentagramas acima e abaixo do operador.

Este ritual pode ser utilizado para: Estabelecer equilíbrio, concentração e controle antes e depois de rituais mais complexos. Práticas de visualização, a qualquer momento. Como um exorcismo preliminar de fenômenos mentais ou psíquicos indesejáveis. Como um princípio de cura, principalmente auto-cura. As técnicas empregadas neste ritual são: vibração de mantra, visualização com gesticulação e controle de respiração.

Procedimento do Ritual

1) De pé, para qualquer direção que prefira.

2) Inspire profundamente. Exale lentamente, sustentando o som "I", enquanto visualiza uma energia radiante na região da cabeça.

3) Inspire profundamente. Exale lentamente, sustentando o som "E", enquanto visualiza uma energia radiante na região da garganta.

4) Inspire profundamente. Exale lentamente, sustentando o som "A", enquanto visualiza uma energia radiante na região do coração e dos pulmões, que se espalha para os membros.

5) Inspire profundamente. Exale lentamente, sustentando o som "O", enquanto visualiza uma energia radiante na região da barriga.

6) Inspire profundamente. Exale lentamente, sustentando o som "U", enquanto visualiza uma energia radiante na região entre a genitália e o ânus.

7) Repita o 6). Então o 5), 4), 3), 2), repetindo de trás para frente, até chegar à cabeça.

8) Inspire profundamente. Exale lentamente, repetindo o mantra IEAOU, enquanto desenha o pentagrama no ar, com o braço esquerdo. O pentagrama deve ser visualizado com muita nitidez.

9) Vire para o próximo quadrante e repita o 8), então, desenhe os pentagramas restantes com os mantras e as visualizações, até chegar ao ponto de partida.

10) Repita os números 2) até o 7), inclusive.

Comentários

Mensagens populares