Pastor pede que cristãos “retomem o arco-íris” dos homossexuais

Ken Ham lembra que o símbolo não tem nada a ver com a homossexualidade, mas com a aliança de Deus com Noé.


As cores do arco-íris há anos são usadas pelos movimentos LGBT como um símbolo de “diversidade”. Seja em bandeiras, seja em pinturas e manifestações, essa apropriação tem contrariado alguns ministérios cristãos.
Ken Ham, conhecido defensor do criacionismo e idealizador de um parque temático bíblico chamado “Ark Encounter”, decidiu colocar de maneira permanente as cores do arco-íris para iluminar a réplica da Arca de Noé edificada no centro da atração.
“Agora temos novas luzes permanentes para que todos possam ver que é o arco-íris de Deus, e Ele estabeleceu seu significado em Gênesis 6″, afirmou Ken em seu perfil no Facebook. “O arco-íris é um lembrete que Deus nunca mais julgará a iniquidade do homem com outra inundação global, pois da próxima vez o mundo será julgado pelo fogo”, assevera o fundador do ministério “Respostas em Gênesis”.

A arca, construída segundo as medidas bíblicas, fica em Williamstown, Kentucky e recebe centenas de milhares de visitantes a cada ano. Para o criacionista, o objetivo da nova iluminação é “lembrar ao mundo que Deus é dono dele e foi Ele que decretou isso como um sinal de Sua aliança com o homem após o Dilúvio. Os cristãos precisam retomar o arco-íris como fizemos no Ark Arcade”, conclamou.
Curiosamente, ele passou a ser atacado por ativistas da comunidade LGBT, que o acusam de “roubar” um símbolo de seu movimento. Alguns chegam a dizer que o significado original do fenômeno estava “perdido” e que o cristianismo não possui “poder” para se reapropriar dele.

Insistência

Não é a primeira vez que Ham faz esse tipo de apelo. No ano passado, ele pediu que os cristãos voltassem a falar sobre o arco-íris e ensinassem aos jovens o seu verdadeiro significado.
“Ele [arco-íris] não foi criado como um símbolo de liberdade, amor, orgulho ou do movimento LGBT. Deus criou esse fenômeno bonito e colorido como um sinal de Sua aliança com Noé e seus descendentes para sempre”, lembrou ele.
“Infelizmente, as pessoas ignoram o que Deus queria que o arco-íris representasse e agora acenam bandeiras coloridas com o arco-íris num claro desafio ao comando de Deus e seu propósito para o casamento. Por isso, muitos cristãos se esquivam do uso das cores do arco-íris. Mas o arco-íris é um símbolo das promessas de Deus antes do movimento LGBTQ existir e continuarão sendo depois que esse movimento acabar”, escreveu ele na ocasião. Com informações Christian Post

Comentários

Mensagens populares