Padre convoca católicos e evangélicos a se unirem contra ideologia de género

Roger Luís afirma que novelas impõem ideologia.

O padre Roger Luís, com grande influência na rede de TV Canção Nova, convocou católicos e evangélicos a se unirem contra ideologia de género, em especial a que é imposta pela TV Globo.
“Se o nosso país é 90% formado por cristãos (católicos e evangélicos), [como] estamos permitindo que as nossas crianças [estão sujeitas] à pornografia e à ideologia de género?”, questionou o líder religioso em uma homilia transmitida pela televisão, mas que ganhou notoriedade pelas redes sociais.


Em sua fala, ele atacou as telenovelas da rede Globo, lembrando que eles exibem pornografia e “impõem ideologia de género à sociedade brasileira”. Pediu um boicote constante, pois os cristãos não deveriam acompanhar a “porcaria” exibida pelas redes globais de televisão.
Roger Luís insiste que já havia alertado os fiéis antes sobre esse tipo de programas, mas que a maioria não lhe deu ouvidos.
Em outro trecho, ele faz um apelo incomum: “Precisamos de um posicionamento mais radical. Vai ler um bom livro. Vai ser melhor para você do que ficar bebendo e comendo esse conteúdo estragado”. Segundo o padre, desde que ele “conheceu Jesus”, há 20 anos, que nenhuma novela é assistida em sua casa.


O pedido do padre surgiu poucos dias após Dom Celso Antônio Marchiori, bispo de Apucarana (PR), com clamar católicos e evangélicos para se posicionarem contra a Rede Globo. Segundo ele, a emissora ataca constantemente a família e a religião cristã, o que faz dela “um demónio dentro das nossas casas”.
Assista:

Comentários

Mensagens populares