Festival religioso de purificação é marcado por possessão e sangue

Festival religioso de purificação é marcado por possessão e sangueTeve início na semana passada mais uma edição do Festival Vegetariano de Phuket, uma província da Tailândia. Durante nove dias, milhares de seguidores do taoísmo derramarão seu sangue como oferenda aos “nove deuses imperadores”. Iniciado pelos imigrantes chineses em 1825, até hoje é uma tradição na região Sul da Tailândia.
Cada dia do festival é dedicado a um deus, onde os rituais de purificação incluem transes de médiuns e automutilação. Também é chamado de Festival do Vegetarianismo, pois a crença da comunidade é que a abstinência de carne durante o nono mês lunar do calendário chinês pode ajudá-los a ter boa saúde e paz de espírito no ano seguinte.
Embora para os ocidentais pareça apenas tortura e mutilação, para seus seguidores é uma importante forma de purificar a alma através do sofrimento do corpo. Eles alegam que as pessoas que se submetem a ele têm completa recuperação. Pessoas de diversos países asiáticos voam até Phuket todo ano para participar ou para assistir.
“Não é um truque; é tudo real”, explica Chanchai Doungjit, diretor da Autoridade de Turismo da Tailândia. “Acredita-se que os homens puros podem andar sobre o fogo sem se queimar”, justifica.
De fato, ao ar livre são realizados diferentes rituais como andar sobre brasas acesas ou inserir espadas e outros objetos pontiagudos no rosto ou outras partes do corpo. É comum ver as pessoas sendo possuídas pelos espíritos dos ancestrais e ficarem horas sob transe mediúnico. Para os participantes do festival tailandês, essa é a mais alta forma de devoção religiosa. Mesmo assim, todos os anos dezenas de pessoas ficam seriamente feridas e, algumas vezes, ocorrem mortes.
Os milhares de participantes normalmente se vestem de branco e fazem uma espécie de procissão até alguns templos, onde poderão prestar homenagens aos deuses e receber bênçãos. As mulheres grávidas são proibidas de assistir aos rituais porque são consideradas impuras. Crianças pequenas participam, mas sem fazerem perfurações no corpo, esclarece Chanchai.
Este ano, o festival atrairá cerca de 100 mil pessoas, segundo o governo tailandês. “Phuket tem o maior festival vegetariano do país”, disse Chanchai, acrescentando que cerca 19 milhões de dólares são gasto pelos visitantes na província de Phuket durante as festividades. Com informações de Huffington Post.

Comentários

Mensagens populares