Associação agnóstica cria campanha “para entender sentido da vida”

O objectivo é levar os usuários a reflectirem sobre a vida sob a óptica humanista
Associação agnóstica cria campanha "para entender sentido da vida"
Os passageiros do metrô de Londres (Inglaterra) verão nas próximas duas semanas centenas de cartazes espalhados nas estações com frases de grandes pensadores humanistas.
A iniciativa é da ONG British Humanist Association [Associação Humanista Britânica] que tem como objetivo disseminar os pensamentos seculares para uma sociedade cada vez mais agnóstica, como são os ingleses.
“Apesar de metade da população do Reino Unido se declarar agnóstica, as perspectivas humanistas sobre as grandes questões da vida humana ainda não alcançam tantas pessoas quanto aquelas de temática religiosa”, disse a entidade em entrevista à BBC.
As frases espalhadas são assinadas por nomes como George Eliot e Virginia Woolf e os filósofos Bertrand Russell e A.C. Grayling, mostrando a perspectiva humanista às grandes questões da existência humana. Além dos cartazes essas frases também serão compartilhadas nas redes sociais junto com testes de perguntas e respostas para encorajar o público a refletir sobre a vida.
“Nossas escolas públicas ensinam religiões, mas outras visões de mundo não-religiosas, como o Humanismo, não recebem tratamento semelhante”, reclama a BHA que cita a falta de uma participação agnóstica em programas como o “Thought for the Commute” [Pensamento para os passageiros], da BBC Radio 4.
“Nossa imprensa pública, a BBC, transmite orações e sermões, mas raramente vemos um conteúdo com questões de valor e significado de um ponto de vista humanista. Como resultado, muitas pessoas cujas crenças são essencialmente humanistas não se dão conta deste fato”.
A ONG BHA tem como meta promover o Estado secular oferecendo programas voltados para pessoas agnósticas “que buscam viver vidas éticas e completas com base na razão e na humanidade, promovendo um Estado secular e tratamento equânime em lei e política, independente da religião e da crença”.

Comentários

Mensagens populares