expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Seguidores

domingo, 14 de maio de 2017

Padre não acredita nas aparições de Fátima

Anselmo Borges, padre da Sociedade Missionária Portuguesa e docente na Universidade de Coimbra, aborda o fenómeno de Fátima com algum ceticismo, apelando à razão na forma como são ditas ou contadas histórias no seio da Igreja.
Anselmo Borges não tem dúvidas quando afirma que, na Cova da Iria, não houve quaisquer aparições, mas sim visões – opinião, aliás, partilhada pelo antigo Papa, Bento XVI -, o que desmonta o espiritualismo daquele lugar. O religioso pergunta-se, por isso: “porquê canonizar crianças se todas as crianças são santas”?
Sobre o Papa Francisco, o Anselmo Borges revela ter uma forte admiração pelo Sumo Pontífice, sobretudo pela sua capacidade de, no papel de pastor global, dirigir uma instituição “machista e misógina” conduzindo num sentido democrático aquela que considera ser a “última monarquia absolutista do Ocidente”.
Sobre este assunto, Anselmo Borges até publicou recentemente um livro – “Francisco. Desafios à Igreja e ao Mundo” – no qual discorre precisamente sobre os muitos desafios que este Papa coloca à Igreja e aos cristãos.
Nem tudo é o que parece...  hehehehe


Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixe aqui o seu comentário...

Ciencia

Ciencia