Vaticano lança uma consulta mundial sobre a família

A Igreja católica lançou uma ampla consulta sobre os temas relativos à família no mundo contemporâneo, em um questionário enviado aos bispos do mundo inteiro, antes da realização dos sínodos previstos para 2014 e 2015, anunciou nesta terça-feira o Vaticano.
"A Igreja, núcleo vital da sociedade, e da comunidade eclesiástica, vive em uma época de crise evidente, social e espiritual", afirma um documento preparatório de sete páginas enviado às conferências episcopais do mundo inteiro e tornado público nesta terça-feira.
O questionário contém perguntas inéditas, já que propõe aos bispos que respondam a temas até agora considerados tabu, como a adoção de filhos por parte de casais de mesmo sexo, a difusão dos casais de fato ou a atitude da Igreja ante os casamentos mistos ou interreligiosos, a família monoparental e até o fenômeno da "barriga de aluguel".
As perguntas - no total 39 - servem para preparar o Sínodo Extraordinário sobre a Família, que o papa Francisco convocou para outubro de 2014.
Com a recompilação das respostas, será elaborado um documento preparatório para o Sínodo dos Bispos, segundo a tradicional metodologia empregada para tais assembleias, entre as mais abertas e democráticas da Igreja católica.
A secretaria do Sínodo de Bispos, encabeçada por Lorenzo Baldisseri, enviou o questionário às conferências de todo o mundo em meados de outubro.
O documento serve de introdução ao debate dos bispos, que falam idiomas distintos e enfrentam problemáticas diferentes.
"Propor um evangelho sobre a família neste contexto resulta urgente e necessário", afirma o texto.

Comentários

Mensagens populares