Misterioso "Estado cristão" surge na Bélgica e ameaça muçulmanos

A carta diz que o "grupo" vai matar muçulmanos e destruir instalações ligadas à religião, na Bélgica, revelam vários jornais belgas e franceses.
"Nenhuma mesquita e ninguém a elas ligado estará a salvo", diz a carta, que acrescenta que "os irmãos serão chacinados como porcos e crucificados para que o nosso Senhor converta as suas almas".
"No actual contexto, com o medo generalizado, é preocupante", disse o responsável pela associação que gere as mesquitas de Molenbeek, Jamal Habbachich.
carta não o diz directamente, mas parece tratar-se de uma retaliação aos atentados de Paris, no dia 13 deste mês, até porque o "grupo" promete "vingar" os que morreram nos ataques.

Comentários

Mensagens populares