expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Seguidores

domingo, 30 de junho de 2013

Cristãos são mais felizes que ateus no Twitter, afirma estudo

Cristãos são mais felizes que ateus no Twitter, afirma estudoUm estudo realizado pela Universidade de Illinois em Urbana-Champaign mostrou que os cristãos são mais felizes que os ateus nas redes sociais. A pesquisa utilizou o Twitter como uma ferramenta de pesquisa para uma comparação entre mensagens postadas por cristãos e ateus.
O estudo foi realizado por dois estudantes de doutorado em psicologia social e um conselheiro que analisaram a linguagem casual de quase 2 milhões de tweets a partir de mais de 16.000 usuários ativos. Os resultados da pesquisa foram publicados na “Psicologia Social e da Personalidade Ciência”.
A equipe identificou os assuntos publicados pelos usuários do Twitter que seguiram cinco figuras públicas proeminentes. No caso dos cristãos, os selecionados foram seguidores do Papa Bento XVI, Joel Osteen, Rick Warren, do comentarista político conservador Dinesh D’Souza e de Joyce Meyer, autora evangélica e palestrante.
No caso dos ateus, foram selecionados seguidores de Richard Dawkins, Sam Harris, Christopher Hitchens, Monica Salcedo e Michael Shermer – os dois últimos, respectivamente, um auto descrito como “ferozmente franco e ateu” e um escritor de ciência que fundou um grupo chamado “Sociedade dos Céticos”.
Com a ajuda de um programa de análise de texto, os pesquisadores descobriram que o as publicações feitas por cristãos contém, com maior frequência, palavras que refletem emoções positivas, relacionamentos sociais e um estilo intuitivo de pensar.
- Os cristãos são mais propensos a usar palavras como “amor”, “feliz”, “equipe”, “família” e “amigo”, enquanto ateus fazem mais uso de palavras como “ruim”, “errado”, e “horrível” ou “pensar”, “razão” e “causa” – explicou Ryan Ritter, um dos responsáveis pelo estudo, de acordo com a CNN.
De acordo com Ritter e seus colegas, a escolha das palavras reflete algo sobre a mentalidade de uma pessoa. De acordo com os pesquisadores, um pensador analítico (ateu) é mais provável de ser cético ou crítico, por exemplo, enquanto um pensador intuitivo (cristão) é guiado pela emoção.
Eles afirmaram ainda que o pensamento analítico pode “diminuir a capacidade de otimismo e atitude positiva que tipificam uma boa saúde mental”.
- Se pudermos entender os fatores que facilitam a felicidade (por exemplo, o aumento do apoio social), o ideal é que possamos usar essas informações para aumentar o bem-estar de todos, crentes e não crentes, da mesma forma – afirmou Ritter.

Voluntários evangelizam profissionais da indústria pornô nos EUA

Voluntários evangelizam profissionais da indústria pornô nos EUADois ministérios cristãos se uniram na Califórnia para evangelizar homens e mulheres que trabalham em clubes de strip e convenções pornôs. As cidades de Pasadena e San Diego contam com o apoio dos grupos XXXChurch e Rock Church, respectivamente, que já começaram a ver os resultados desses trabalhos.
O Rock Church iniciou os trabalhos como uma sucursal do ministério JC’s Girls, que é coordenado por Sheri Brown. Os voluntários são treinados para entrar em todos os clubes de strip de San Diego e nas convenções pornográficas de Los Angeles para falar diretamente com as mulheres que trabalham nessa indústria.
Brown relata que muitas delas estão desesperadas em busca de amor e satisfação. “Apenas fazemos o que o Espírito Santo nos chama a fazer e permitimos que Ele faça o resto”, disse ela que lembrou que há trabalhos que só dão frutos positivos depois de quatro anos de evangelização.
“Mas todo o ministério não é para nós, é para Ele. Sabemos que Deus está sempre trabalhando nos bastidores e eu realmente acredito que Ele só nos permite ver uma pequena fração do que ele está realmente fazendo”.
A evangelização do JC’s Girls é feita com Bíblias cor-de-rosa, jóias, cremes, doces, esmaltes, gloss e cópias da “Carta de Amor do Pai”. É com esse material que seis equipes do ministério saem fazendo evangelismo, mas apenas mulheres podem trabalhar neste ministério.
Os requisitos para ser uma voluntária do JC’s Girls são muitos, os principais deles é amar a Jesus e não ser uma ex-strip. “A tentação para as mulheres de voltar para os clubes pode ser muito forte, então nós realmente tentamos nosso melhor para usar discernimento e sabedoria, e nós oramos cuidadosamente sobre cada decisão”, disse Brown.
Já a XXXChurch atua na evangelização de homens e mulheres, seus voluntários só saem para o campo missionário depois de orar e buscar a Palavra de Deus. Na liderança desse ministério está Craig Gross que resume seu ministério dizendo que vai onde a maioria dos religiosos têm medo de ir.
“Nosso lema é: ‘você não pode culpar a escuridão por ser escura, você tem que culpar a luz por não iluminar a escuridão’. Nós desenvolvemos relacionamentos, mostramos amor, e aparecemos no mundo deles e não esperamos que venham para o nosso mundo. Não pedimos por nada. Servimos e mostramos a eles que cuidamos.”
Craig afirma que os voluntários são ministrados e aconselhados antes de saírem para o campo e fala sobre o trabalho da XXXChurch que começou a se expandir para diversos países do mundo. Eles evangelizam em bordéis, clubes de strip-tease, prostituição de rua e outros locais. Com informações The Christian Post.

Horário de estudo deve ser adaptado à religião, diz TJ-MS

Um estudante do Mato Grosso do Sul conseguiu na Justiça o direito de ter o horário de estudo adaptado à sua crença religiosa. Ele é adventista do Sétimo Dia, igreja que orienta os fiéis a guardar o período entre o pôr do sol da sexta-feira e o do sábado. A ação em defesa do aluno foi impetrada pela Defensoria Pública da União.
A decisão, proferida no dia 12 de junho, proíbe a universidade de suspender a bolsa de estudos do aluno em função das faltas em período no qual sua religião não permite certas atividades. A instituição de ensino ainda terá de oferecer ao estudante meios alternativos de cumprir a grade curricular.
“Sobre o oferecimento de atividades substitutivas não há qualquer novidade, já que a legislação prevê regimes especiais para estudantes gestantes e doentes, por exemplo”, afirmou o juiz em sua decisão.
O defensor público federal Rodrigo Henrique Corrêa, que atuou em defesa do estudante, argumentou que “a disposição de frequência mínima em aula, sem a previsão de casos excepcionais como o presente, viola a proteção à liberdade religiosa, bem como o acesso à educação”.
Rodrigo Corrêa também citou o inciso VI do artigo 5º da Constituição Federal: “é inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício de cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e suas liturgias”. Com informações da Assessoria de Imprensa da Defensoria Pública da União.

sexta-feira, 28 de junho de 2013

Descoberta arqueológica gera controvérsia na cidade onde Jesus nasceu

Descoberta arqueológica gera controvérsia na cidade onde Jesus nasceuO guia turístico Binyamin Tropper comemorou por achar que era o primeiro a descobrir uma enorme coluna enterrada nos limites da cidade de Belém, onde nasceu Cristo. Porém, ficou surpreso ao saber que as autoridades judaicas tinham conhecimento de sua existência há décadas, mas a mantinha em segredo.
Acreditando na importância deste pilar, ele procurou a Autoridade de Antiguidades de Israel, que respondeu: “Muito bem, mas não vamos mais falar disso.” Tropper desobedeceu o pedido de permanecer em silêncio sobre esta descoberta, pois ele acredita que uma escavação na área é mais importante que os conflitos políticos na área.
No entanto, Tropper preferiu não revelar a localização exata da coluna para evitar assim atrair ladrões de antiguidades. De modo especial por que estaria na propriedade de um agricultor palestino. A coluna (ou pilar) possui cerca de 2800 anos, está enterrada a dois metros de profundidade e pesa aproximadamente cinco toneladas.  Tropper disse que durante os últimos 30 anos, Israel tem discutido sobre o tamanho e a importância do reinado do rei Davi e de seu filho Salomão. Isso confronta o que a Bíblia diz sobre eles. O projeto desta coluna revelada por Tropper tem uma arquitetura típica da época do Primeiro Templo e fornece evidências inequívocas do reino de Davi e Salomão na região da Judeia.
A dificuldade de exploração é porque Belém fica na Cisjordânia, terra disputada por judeus e palestinos. Embora seja um local sagrado para cristãos.  A coluna está perto de uma aldeia árabe e esse seria o principal motivo que o governo israelense pode ter fugido da divulgação, pois uma escavação geraria um grande problema político. Mesmo assim, Tropper foi à imprensa hebraica, e o assunto ganhou atenção nas últimas semanas.
No início deste mês, vários arqueólogos israelenses foram inspecionar o local. Entre eles estava Yosef Garfinkel, professor de arqueologia da Universidade Hebraica.
“Não há dúvida que se trata de uma construção monumental da época do Primeiro Templo, disse Garfinkel. Curiosamente, não há registros históricos sobre um prédio desse tipo naquela época.
Garfinkel explica que há um túnel que lembra um projeto similar do período do Primeiro Templo: o chamado Poço de  Siloé, em Jerusalém. Segundo a Bíblia, pode se tratar de uma obra do rei Ezequias, que canalizaria a água para a cidade durante o cerco assírio no século 8 a. C, registrado no livro bíblico de 1 Reis.
A existência de um grande túnel de água no novo local sugere a presença próxima de uma grande fazenda ou palácio, disse Garfinkel.
Enquanto o movimento sionista luta para provar a profundidade de raízes judaicas naquela região, os palestinos continuam tentando negar a existência de qualquer história judaica antiga na chamada Cisjordânia.
A Autoridade de Antiguidades de Israel admitiu que existem sérios problemas políticos que impedem uma escavação. “Este é realmente um achado importante, as informações preliminares ligam ao tempo dos reis de Judá. Ao mesmo tempo, deve ser lembrado que a região é alvo de conflitos. Autoridade de Antiguidades, junto com todas as outras autoridades competentes, tem lidado com isso há algum tempo, numa tentativa de fazer a escavação completa do sitio arqueológico em segurança”, disse o comunicado oficial. Com informações Protestante Digital e Time of Israel.

Clérigo sênior do Vaticano é preso em investigação sobre corrupção

Um importante clérigo do Vaticano suspeito de tentar ajudar amigos ricos a levar milhões de euros para a Itália ilegalmente foi preso nesta sexta-feira, como parte de uma investigação no Banco do Vaticano, disseram fontes da polícia e o advogado do suspeito.
O monsenhor Nunzio Scarano, de 61 anos, trabalhava como contador da administração financeira do Vaticano e já estava envolvido em outra investigação realizada por magistrados do sul da Itália.
Ele foi preso em uma paróquia da periferia de Roma e levado para uma prisão da capital italiana, disse à Reuters o advogado Silverio Sica. Também foram presos na investigação um membro dos serviços secretos da Itália e um corretor financeiro.
Sica disse que Scarano foi acusado de envolvimento numa tentativa de ajudar amigos a levar 20 milhões de euros (26 milhões de dólares) da Suíça para a Itália de avião, em conluio com o agente do serviço secreto e o intermediário financeiro.

Bíblia assinada por Albert Einstein é leiloada por US$ 68.500: ‘grande fonte de sabedoria’

bíblia einsteinUma Bíblia assinada pelo físico Albert Einstein foi leiloada por US$ 68.500 em Nova York.

O leilão chamado “Livros Belos & Manuscritos” foi realizado no Auction House de Bonham da cidade nesta terça-feira.
No livro, que Eistein teria recebido de uma amiga americana em 1932, o físico escreveu que a Bíblia Sagrada “é uma grande fonte de sabedoria e de consolo e deve ser lida com frequência”.
“Estamos muito satisfeitos com o preço alcançado pela Bíblia de Einstein neste leilão”, afirmou Christina, diretora do Departamento de Livros Belos & Manuscritos”.
Segundo ela, Einstein não se identificou com uma religião específica quando adulto. “A inscrição é uma visão extraordinária em seus sentimentos no início da década de 1930”.
O item seria inicialmente vendido por US$ 2.500 mas com a especulação o valor aumentou extraordinariamente.
Albert Einstein nasceu em Ulm, na Alemanha, em 1879. Ele foi o responsável por desenvolver a teoria da física e relatividade.
Sobre suas convicções religiosas, especula-se que ele teria realizado uma religiosidade pessoal.
“Há pessoas que dizem que Deus não existe”, disse ele a um amigo, segundo sua biografia. “Mas o que me deixa muito irritado é que eles me citam para apoiar esse tipo de visão”.
Einstein falou sobre os ateus que eles são “como escravos que ainda sentem o peso das correntes que jogaram fora depois de uma dura luta. Eles são criaturas - nas quais o rancor contra a religião tradicional como o ‘ópio das massas’ – não podem ouvir a música das esferas.”

Pela primeira vez, STJ valida anulação de casamento religioso decretada pelo Vaticano

casamentoO presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Felix Fischer, validou a decisão de anulação de casamento religioso, que já havia sido confirmada pelo Supremo Tribunal da Assinatura Apostólica, no Vaticano, estado católico que fica dentro da cidade de Roma, na Itália.

Esse foi o primeiro pedido de homologação de sentença eclesiástica processado nos termos do Estatuto Jurídico da Igreja Católica no Brasil, acordo que foi firmado entre o Brasil e a Santa Sé e vale desde 2010. A Santa Sé é o sujeito de direito internacional que lida das relações entre igreja católica e os estados soberanos (nações). Segundo o estatuto, as decisões estrangeiras desse sujeito religioso tem valor legal dentro do Brasil.
O STJ teve a função de oficializar essa sentença religiosa no país. A partir dessa, ex-cônjuges passaram do status casados para solteiros, já que houve anulação do casamento em termos civis.
O número desse processo, assim como detalhes dos envolvidos, não foi divulgado em razão de sigilo judicial. Segundo informações do tribunal brasileiro, o marido pediu a anulação do casamento religioso, acusando a mulher de pedofilia. Essa solicitação, primeiramente, foi analisada pelo Tribunal Eclesiástico Interdiocesano de Vitória e depois foi confirmada pelo Tribunal de Aparecida (SP). Por fim, a separação desse casal foi aprovada pelo Vaticano e, agora, foi convertida em decisão judicial civil brasileira pelo STJ.
O Código de Direito Canônico, promulgado em 1983, exige que a declaração de nulidade para ser válida e dar direito a um novo casamento, passe por, pelo menos, dois tribunais diferentes. Então, se o primeiro tribunal aprovou a declaração de nulidade, dentro de 20 dias ele é obrigado a encaminhar todo o processo a um segundo tribunal. Depois do tribunal de segunda instância, cabe ao Vaticano confirmar a sentença.
Ao validar a sentença estrangeira, o ministro Felix Fischer considerou que o pedido não ofende a soberania nacional, nem a ordem pública e os bons costumes.
A página do STJ no Facebook sempre traz debates importantes sobre as decisões desse órgão. O Superior Tribunal de Justiça (STJ) é um dos órgãos máximos do Poder Judiciário do Brasil. Sua função primordial é zelar pela uniformidade de interpretações da legislação federal brasileira. 

Bancária morta a marteladas pelo marido acreditava que era vítima de bruxaria

Talita Juliane e Mario Henrique, em foto postada nas redes sociaisAntes de ser morta a marteladas, a bancária Talita Juliane Peixoto Paiva, de 24 anos, desabafou pela internet sobre os problemas que vivia em casa com o marido, o analista de sistemas Mario Henrique Rodrigues Lopes, de 28 - acusado de ter cometido o crime. O assassinato aconteceu no apartamento do casal, em Vila Isabel. O corpo da jovem foi enterrado ontem, no Cemitério do Catumbi.
“Venho te pedir oração para o meu casamento. Estou vivendo uma batalha espiritual violenta”, revelou Talita a uma amiga. Na mesma conversa, ela disse: “Mas eu creio: ‘Resisti ao diabo e ele fugirá de vocês’. Não posso entrar em detalhes agora, mas meu marido está tendo um surto psicótico, tipo esquizofrenia. Ele está possuído há uma semana.” Ela ainda falou sobre um suposto “trabalho de feitiçaria” que teria sido feito contra o rapaz.
Em outro trecho, a bancária pede ajuda à mesma amiga: “Preciso de muitas correntes espirituais. Sei que Deus é maior, mas meu marido continua mal, fala igual a um louco. E está agindo dizendo que é em nome de Deus, que Deus está mandando ele fazer isso.”
Mario Henrique também deixou recados em sua página no Facebook. Duas horas antes do crime, ele postou: “DEUS É LIBERDADE”. Duas horas depois do assassinato, o analista de sistemas escreveu: “LIBERDADE”. Mario também trocou as fotos de capa de seu perfil recentemente. No último dia 15 de junho, Mario Henrique colocou duas fotos do casal durante a festa de casamento. Em uma delas, Talita comentou: “I Love You!!!”, e, na outra, ela escreveu: “S2”.
Suspeito, marido está internado sob custódia
De acordo com o delegado Alan Duarte, da Divisão de Homicídios (DH), Mario foi visto por uma vizinha deixando o apartamento do casal, na madrugada de terça, após uma intensa discussão com Talita. Ele acabou capturado por policiais do 19º BPM (Copacabana). Mario estava num táxi na Avenida Atlântica, em Copacabana, e se desentendeu com o motorista, que acionou a polícia. Após a descoberta de que Mario era procurado pela morte da esposa, ele foi levado para a DH. Totalmente transtornado, foi encaminhado para o setor de psiquiatria do Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, onde permanece custodiado. Ontem, agentes da especializada tentaram ouvi-lo, mas, dopado, Mario não soube explicar o crime.

quinta-feira, 27 de junho de 2013

Fundador da Maranata deixa presídio e está em prisão domiciliar

Fundador da Maranata deixa presídio e está em prisão domiciliarO pastor Gedelti Gueiros, fundador e ex-presidente da Igreja Cristã Maranata, deixou o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Viana nesta terça-feira (25) por receber o benefício de prisão domiciliar.
Guerios tem mais de 80 anos e por este motivo não continuará no CDP como os outros sete pastores que foram presos na última segunda-feira, depois que o Ministério Público do Espírito Santo (MP-ES) percebeu que, mesmo afastados, os dez pastores investigados continuavam participando da administração da igreja e praticando os crimes financeiros.
A prisão domiciliar foi concedida como resposta ao pedido de habeas corpus apresentado pelo advogado do religioso, Fabrício Campos, que quer a revogação do mandato de prisão. “Em liminar, foi dada a prisão domiciliar até o tramite final, em virtude da idade avançada do pastor”, revelou o defensor de Gueiros ao portal G1.
Em março o fundador da ICM também chegou a ser detido pelas acusações de estelionato, portanto as proibições feitas naquela época continuarão em vigor, entre elas: não deixar a Grande Vitória, não participar das reuniões com os membros e não manter contato com os administradores da igreja.
O promotor que investiga o caso é Paulo Panaro, ele lembra que Gedelti estava impedido de ter acessos aos administradores da igreja, mas mesmo assim ele descumpriu a ordem e estaria praticando o crime de estelionato de forma indireta.
“Ficou claro que o ex-presidente da instituição continuava participando da administração, várias testemunhas prestaram depoimentos que relatavam essa participação”, disse o promotor.
O advogado de defesa, por outro lado, diz que nenhuma das restrições feitas pela Justiça foram descumpridas. “Gedelti nunca saiu de casa sem autorização do juiz. Depois, a prisão foi revogada. As proibições de comparecimento a locais onde não poderia comparecer foram revogadas por prejudicar a atividade pastoral. Ele nunca violou qualquer determinação judicial”.
Além de Gueiros, o pastor Arlínio de Oliveira Rocha também está em prisão domiciliar, no caso dele o benefício foi concedido devido aos problemas de saúde. Já os pastores Antônio Angelo Pereira dos Santos, Antonio Carlos Rodrigues de Oliveira, Antonio Carlos Peixoto, Amadeu Loureiro Lopes, Jarbas Duarte Filho, Leonardo Meirelles de Alvarenga e Wallace Rozetti permanecem no Centro de Detenção provisória (CDP). E o pastor Carlos Itamar Coelho Pimenta está preso no Quartel da Polícia Militar em Vitória por ser militar aposentado.

Muçulmanos terão parque dedicado ao Alcorão

Muçulmanos terão parque dedicado ao AlcorãoDubai, nos Emirados Árabes, foi escolhida para sediar o primeiro parque do mundo construído em homenagem ao Alcorão, o livro sagrado dos muçulmanos. O projeto vai custar US$ 7,3 milhões e ficará pronto em setembro de 2014.
Ocupando uma área de 60 hectares, o projeto vai ter as mais variadas espécies de plantas mencionadas no livro como pés de romã, oliveiras, figueiras, marmeleiro e outras. Os idealizadores do parque querem levar os visitantes a refletir sobre a razão da presença de todas estas plantas e seus frutos no Alcorão.
Os visitantes também vão poder conhecer um local que explicará os milagres relatados no livro das revelações dadas pelo anjo Gabriel à Maomé.
Entre os relatos encontrados na obra que sustenta uma das maiores religiões monoteístas do mundo temos a criação do universo, do homem, as leis focadas na moralidade, na economia e outros temas do cotidiano que serão esclarecidos através de áreas do parque. Com informações Correio Braziliense.

Pastor é condenado a 52 anos de prisão em São Paulo por estuprar filhas e enteadas

Pastor é condenado a 52 anos de prisão em São Paulo por estuprar filhas e enteadasO pastor Mizael Lourenço acaba de ser condenado pelo Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) a 52 anos e 6 meses de prisão em regime fechado, pelos crimes de estupro e atentado violento ao pudor contra duas filhas e duas enteadas.
Segundo o Estadão, o acórdão do TJSP publicado nesta quarta-feira informou que o pastor teve quatro filhos resultantes dos estupros, dois com uma filha e outros dois com uma enteada. Os abusos teriam acontecido na casa do pastor, e até mesmo num cômodo da igreja onde Lourenço atuava em Catanduva, interior de São Paulo.
Lourenço chegou a admitir os crimes durante a fase do inquérito policial, mas se recusou a fazer os exames de DNA para comprovar a paternidade.
O TJSP informou que o pastor estuprou duas vezes e cometeu pelo menos três crimes de atentado violento ao pudor contra uma de suas filhas (molestada por ele desde que ela tinha 6 seis anos). Os crimes teriam acontecido até que uma das enteadas, que ele havia estuprado quando ela tinha 8 anos, decidiu denunciá-lo.
O pastor foi absolvido depois que as duas filhas se retrataram das denúncias. Porém, o Ministério Público (MP) recorreu e agora à 9.ª Câmara de Direito Criminal do TJSP decidiu ignorar a retratação e condená-lo pelos crimes.
O mandado de prisão contra Mizael Lourenço já foi expedido.

Pesquisa revela grupo de ateus e agnósticos que mantém uma rotina de orações diárias

Pesquisa revela grupo de ateus e agnósticos que mantém uma rotina de orações diáriasUma pesquisa feita com ateus e agnósticos nos Estados Unidos revelou que uma parte das pessoas que afirmam não crer em Deus mantém uma rotina de preces e orações. Realizado pelo Fórum Pew de Religião e Vida Pública, o levantamento constatou que há no país aproximadamente 46 milhões de pessoas que não possuem vínculos com religiões.
Esse número inclui, além de ateus e agnósticos, pessoas que cultivam sua fé sem necessariamente estar vinculado a uma religião específica. O grupo é dividido em 13 milhões de ateus e agnósticos, e 33 milhões de “fiéis sem religião”.
Um artigo do jornal Washington Post, escrito pela jornalista Michelle Boorstein, destacou o fenômeno de um pequeno grupo de ateus, agnósticos e/ou pessoas sem vínculos com religiões que mantém uma rotina de oração.
No texto, Michelle destaca o caso de um homem chamado Sigfried Gold, que “cai de joelhos no carpete bege de seu quarto, inclinando a face até o chão e orando a Deus” diariamente.
“Mesmo Gold não acreditando que exista algum ser sobrenatural lá fora, atendendo às suas orações, ele chama sua criação de ‘Deus’ e se descreve como tendo tido uma ‘conversão’ que só pode ser caracterizado como um ‘milagre’. Sua vida tem sido misteriosamente transformada, diz ele, através do poder de pedir”, relata a jornalista.
No grupo de 33 milhões de “fiéis sem religião”, aproximadamente 67% declararam crer em Deus, e mais de 50% afirmaram sentir uma profunda ligação com a natureza e a Terra, enquanto que 33% se veem como pessoas “espirituais, mas não religiosos”, e 20% das pessoas enquadradas nesse grupo revelaram realizar orações diárias.
No grupo de 13 milhões de ateus e agnósticos, 17% disseram realizar orações diárias, semanal ou mensalmente. No entanto, essas pessoas podem estar se denominando ateias de forma equivocada, segundo o escritor David G. McAfee: “Se você orar a um ser sobrenatural ou força que você chama ‘Deus’, você não é ateu”, disse o autor do livro Mom, Dad, I’m an Atheist: The Guide to Coming Out as a Non-Believer (que pode ser traduzido como “Mãe, pai, eu sou um ateu: Um guia de como se revelar um não crente”), ao Huffington Post.

Bispo italiano nega funeral a membros da máfia

chefãoO bispo Antonino Raspanti, emitiu, no último sábado, 22, um decreto inédito que afirma que mafiosos condenados não terão direito ao funeral em igrejas do estado da Sicilia. A medida foi anunciada após uma reunião com a ministra da Justiça Anna Maria Cancellieri, como relatou o Washington Post.

Os mafiosos que já estiverem condenados e que não mostraram nenhum tipo de arrependimento antes de morrer não serão velados nas igrejas da diocese de Acireale. “Ser cristão é incompatível com ter ligações a organizações mafiosas”, justificou Raspanti.
O decreto afirma que “a privação de funeral eclesiástico também envolve a negação de qualquer missa funeral. A recusa do funeral, que se configura como uma sanção jurídica eclesiástica, [deve ser] um estímulo para o arrependimento daqueles que persistem em tais atitudes e convido a abandonar as escolhas de vida capazes de produzirem efeito jurídico negativo”. Além disso, “tal recusa tem o objetivo de restaurar a ordem e de coligar todos os fiéis da igreja para que saibam que nada pode ser um obstáculo para os crentes e nada pode ser motivo de afastamento do caminho correto”, conclui o decreto.
O bispo reconheceu que é uma medida “de alto valor simbólico” com o objetivo de “aumentar a atenção para essa questão e despertar consciências”, já que a igreja Católica italiana é frequentemente acusada de ser muito “tímida” com relação à presença das organizações criminosas.
No entanto, o bispo Raspanti afirmou que essa “timidez” está se esvaindo e refletindo uma política de tolerância zero por parte da igreja Católica, que começou em 1993, quando o então papa João Paulo II chamou os mafiosos a se arrependerem e se converterem. Raspanti tem tanto interesse em ir contra a máfia siciliana que, em 2012, organizou um evento destinado a combater o crime organizado com o aval do Vaticano.

quarta-feira, 26 de junho de 2013

Papa não vê evangélicos como ameaça, diz autora da biografia de Francisco

Papa não vê evangélicos como ameaça, diz autora da biografia de FranciscoA argentina Evangelina Himitian lançou uma biografia do papa Francisco contando detalhes da atuação de Jorge Mario Bergoglio enquanto padre e arcebispo em Buenos Aires. Himitian é filha de pastores e conversou com a reportagem do Estado de São Paulo dizendo que para o novo líder da Igreja Católica os protestantes não são uma ameaça, pelo contrário, na Argentina ele sempre manteve boa relação com os líderes evangélicos.
“Eu não creio que, para este papa, o crescimento da igreja evangélica seja uma ameaça para a Igreja Católica”, disse ela que formatou o livro 15 dias após o conclave.
Evangelina Himitian diz que para o novo papa o maior inimigo da igreja é o distanciamento das pessoas da vida cristã. “Obviamente, Francisco não fará proselitismo religioso em favor dos evangélicos, mas ele não estará preocupado em reaver esses católicos”, disse a autora se referindo aos católicos brasileiros que se tornaram evangélicos.
Quando servia em seu país, Bergoglio teve grande participação para o crescimento do ecumenismo. Sua relação com líderes evangélicos era tão grande que por muitas vezes ele enviava suas homilia para que pastores avaliassem os sermões.
Himitian também faz algumas previsões das mudanças que o papa Francisco poderá promover na Igreja. “Do que se conhece de Bergoglio, pode haver uma maior abertura em relação ao celibato. Particularmente em relação aos padres, sua opinião é a de que não seria um problema se eles fossem casados”, disse.
Outros pontos que poderão ser alterados com a entrada de Francisco são o batismo de crianças geradas fora do casamento e a comunhão de divorciados. “Francisco não vai aprovar o divórcio, mas deve propor uma forma de a Igreja receber e incluir essas pessoas”, esclarece a autora.
Quanto ao casamento gay não se espera mudanças, pois o papa já se mostrou contrário a união de pessoas do mesmo sexo. “Sua postura é muito conservadora, ele entende que isso contraria os ensinamentos bíblicos”, disse ela citando também o aborto.

Canonização de Pio 12 enfrenta oposição de líder judaico

Canonização de Pio 12 enfrenta oposição de líder judaicoO presidente do Comitê Judaico Internacional, Lawrence Schiffman, mostrou preocupação com canonização de Pio 12, papa que foi acusado de fazer vista grossa durante o Holocausto.
Em reunião com o papa Francisco nesta segunda-feira (24) o líder judaico não escondeu sua insatisfação com os esforços de canonizar Pio 12, criticando a falta de acesso aos documentos que falam sobre a história da Igreja e do povo judaico durante este período.
Pio 12 foi papa entre os anos de 1939 a 1958, durante o período do regime nazista da Alemanha. Há quem diga que o papa não teria se empenhado para coibir a perseguição aos judeus e de pregar a salvação em reuniões internas, um discurso que se fosse dito publicamente poderia ter piorado a situação.
O pedido do líder judaico é para que Francisco interrompa o processo de santificação que está em estágio inicial. Schiffman pediu para que a canonização só siga depois que os arquivos do Vaticano relativos a essa época sejam abertos.
“A comunidade judaica continua preocupada com os esforços para canonizar o papa Pio 12 enquanto inúmeros documentos pertencentes à história da Igreja e do povo judaico durante os sombrios anos do Holocausto continuam fechados à investigação acadêmica externa”, disse o presidente da entidade judaica.
Durante a reunião, Francisco evitou falar em Pio 12 e disse que “devido às nossas raízes comuns, um cristão não pode ser antissemita”. Ele não respondeu ser irá ou não acatar o pedido e paralisar o processo para santificar o ex-papa.

Polícia prende pastor suspeito de tráfico de drogas

Polícia prende pastor suspeito de tráfico de drogasAgentes da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise) prenderam nesta segunda-feira (24) um pastor evangélico de 43 anos que está sendo acusado de praticar tráfico de drogas na região da cidade de Franca, interior de São Paulo.
O pastor estava em sua mercearia, localizada no Jardim Luiza, quando foi flagrado por policiais do Dise que apreenderam papelotes de cocaína, porções de crack e um tablete de maconha que estava escondido dentro de um recipiente de arroz.
Na operação policial também foram apreendidos R$1.040, uma moto que supostamente era usada pelo pastor para levar drogas aos usuários e ainda uma nota falsa de R$100.
O acusado é pastor de uma igreja em Restinga (SP), e por 15 dias foi investigado pelos agentes do Dise. Depois da prisão ele foi encaminhado para o Centro de Detenção Provisória de Franca. Seu nome não foi divulgado.

terça-feira, 25 de junho de 2013

Fonte Magna pode ser indício de que sumérios vieram à América

Um objeto rodeado por controvérsias. Assim é a conhecida Fonte Magna, descoberta na Bolívia, por um agricultor, em 1960, em uma localidade chamada Chuá, próximo ao lago Titicaca. O que mais chama a atenção no objeto são suas inscrições e caracteres cuneiformes do idioma sumério e semita, da Mesopotâmia.


A Fonte nada mais é do que um grande recipiente de pedra. Enquanto sua parte externa apresenta inscrições zoomórficas, próprias da cultura original de Tiwanaku, a parte interior apresenta inscrições em um alfabeto muito antigo, com características da cultura proto-suméria, originária da Mesopotâmia, distante milhares de quilômetros.


Tudo o que se sabe sobre este objeto é muito recente. Ele esteve sob posse de uma família que o entregou à prefeitura de La Paz em troca de uma propriedade nos arredores da capital, de acordo com os registros do arquivo do Museu de Metais Preciosos.


No ano 2000, pesquisadores de várias áreas realizaram uma análise detalhada da Fonte Magna. Eles atribuíram sua origem às cerimônias religiosas destinadas à purificação nas primeiras civilizações humanas. 


Contudo, o fato que mais intriga os pesquisadores é tentar entender como que inscrições sumérias em um vaso poderiam ter sido encontradas próximo do Lago Titicaca, a 3800 metros acima do mar, sendo que havia um oceano no meio destas civilizações?


Seria esta a prova de que havia contato entre as civilizações da Antiguidade? Ou poderia ter existido algum outro tipo de civilização com características tanto sumérias quando andinas? Diante destas perguntas, florescem as hipóteses de que realmente havia viagens intercontinentais muito anteriores àquelas realizadas pela civilização europeia. 

Maldição do Faraó: Estátua egípcia que se mexe sozinha intriga cientistas

Por ReproduçãoAqueles que gostam de histórias sobre maldições do faraó ou sobre pirâmides assombradas vão adorar esta notícia. Mais intrigante do que as maldições dos faraós egípcios é maldição de Neb-Senu, uma pequena estatueta egípcia que vem tirando o sono de cientistas e egiptologistas responsáveis pela análise do caso curioso. A estatueta está em exposição no museu de Manchester, Inglaterra.

Segundo os egiptologistas, a estatueta de 4 mil anos de idade foi criada para servir de oferenda a Osiris, o deus egípcio da morte. Durante vários dias, a estatueta egípcia passou a girar sobre seu próprio eixo dentro da vitrine até ficar de costas aos visitantes, e todos os dias os responsáveis pelo museu precisavam colocá-la novamente em sua posição original.

A estatueta se manteve dentro de uma vitrine, sem qualquer contato físico com visitantes ou funcionários.

Neb-Senu levou 36 h para girar 180º. Os movimentos aconteciam somente durante o dia.

Este é sem dúvida o acontecimento mais estranho sobre Egiptologia que já aconteceu nas últimas décadas. Até agora não descobriram se o movimento é causado propositalmente por algum funcionário ou se realmente há alguma explicação científica sobre os movimentos. Quando procurado pelo jornal britânico DailyMail, um professor de física chamado Brian Cox disse ao jornal que a explicação pode estar debaixo da terra, ligada ao campo magnético da terra, mas até agora nada foi confirmado. Seja qual for a solução, o enigma pelo menos tem sido bom para o Museu de Manchester, pois tem atraído centenas de novos visitantes todos os dias.

O giro da estatueta foi capturado por uma câmera do museu em time-lapse (assista ao vídeo acelerado mais abaixo). O vídeo foi analisado por egiptologistas e cientistas e constatou-se que durante o giro completo da estátua ninguém teve contato físico com ela. O administrador do museu Campbell Price (29), diz que acredita em uma explicação “espiritual”. “Um dia cheguei aqui e notei que a estatueta havia se virado”, disse ele. “Eu achei estranho, porque ela está protegida em uma vitrine com um vidro extremamente reforçado, e eu sou o único que tem a chave. Então abri e a coloquei de volta em sua posição original, mas no dia seguinte ela havia girado novamente”, completa.

Price disse ainda que de acordo com uma lenda egípcia, quando uma múmia é destruída uma estatueta oferecida a ela podia ser usada como “corpo alternativo” para abrigar o espírito da múmia. A estatueta Neb-Senu é datada de 1800 AC e foi doada ao museu em 1933, porém só agora começou a se comportar desta forma. O estranho é que como podemos perceber no vídeo, a estatueta somente se move durante o dia. O vídeo corresponde a 3 dias de gravação, ou seja, levou 3 dias até que a estatueta girasse 180 graus.



segunda-feira, 24 de junho de 2013

Fundador e pastores da Igreja Maranata são presos no ES

Fundador e pastores da Igreja Maranata são presos no ESNa manhã desta segunda-feira (24) o Grupo de Operações Táticas (GOT) do Espírito Santo cumpriu oito mandatos de prisão contra o fundador e outros pastores da Igreja Cristã Maranata (ICM). Outros dois mandatos foram cumpridos pelo Departamento de Polícia Judiciária (DPJ) de Vitória.
Gedelti Gueiros, o fundador, e os pastores Antônio Angelo Pereira dos Santos, Antonio Carlos Rodrigues de Oliveira, Antonio Carlos Peixoto, Amadeu Loureiro Lopes, Carlos Itamar Coelho Pimenta e Jarbas Duarte Filho foram levados para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Viana.
O pastor Arlínio de Oliveira Rocha teve a prisão domiciliar decretada e os outros dois, Wallace Rozetti e Leonardo Meirelles de Alvarenga, se apresentaram na delegacia nesta manhã e também devem ser levados ao CDP.
Os dez pastores presos fazem parte de uma lista com 19 nomes feita pelo Ministério Público estadual do Espírito Santo que investiga crimes de estelionato, formação de quadrilha, duplicada simulada e o desvio de mais de R$20 milhões vindos dos dízimos e ofertas dos fiéis da ICM.
Sobre a prisão dos pastores, o advogado da igreja, Gustavo Varella, disse que não havia sido informado sobre uma nova denúncia e que daria mais detalhes assim que tomasse conhecimento sobre o que estava acontecendo.
A justiça também resolveu trocar o interventor, Júlio Cezar Costa, que estava cuidando da área financeira da igreja enquanto a polícia seguia as investigações. O novo interventor será Antônio Barroso Ribeiro, mas por determinação da justiça o Presbitério foi interditado judicialmente. Com informações G1.

domingo, 23 de junho de 2013

Pastora Sarah Sheeva afirma que beijos na boca durante o namoro causam crise no casamento

Pastora Sarah Sheeva afirma que beijos na boca durante o namoro causam crise no casamentoA pastora Sarah Sheeva afirmou recentemente através de sua página no Facebook que o contato físico durante o namoro, como beijos na boca, é motivadores para crises futuras no casamento. De acordo com Sheeva o correto é que os relacionamentos se iniciem pela amizade, e não com beijos.
- Você que é líder, pastor(a), conselheiro(a) em alguma igreja, experimente fazer uma pesquisa pessoal: pergunte aos casais que estiverem em crise o seguinte: “Como começou o relacionamento de vocês? Vocês beijavam na boca no início do relacionamento? Ou vocês começaram pela amizade?” – questionou a pastora em sua publicação na rede social.
Segundo Sarah Sheeva a resposta para o questionamento proposto por ela iria chocar os líderes e pastores, que perceberiam que “a maioria dos casais que hoje enfrentam problemas sérios de incompatibilidade, começaram o relacionamento pelo beijo e contato físico, e não pela amizade”.
- Se compararmos a quantidade de casais felizes que antes de casar (na fase do namoro) beijavam, e os que não beijavam, vamos perceber que a maioria dos que HOJE enfrentam problemas de incompatibilidade e falta de afinidade são os que BEIJAVAM muito no namoro. – ressalta Sarah Sheeva, que defende ainda que o beijo é só para as pessoas casadas.
Ela diz ainda que os solteiros devem aprender a “namorar em santidade”, afirmando que o namoro de verdade é apenas para os casados. Segundo a pastora, isso é importante para que os casais evitem se “abrasar”, afirmando que “os desejos sexuais sempre acabam levando a passar dos limites antes de casar, e isso não fará bem ao futuro do relacionamento”.
- Não namore antes de 18 anos, porque namoro de Crente não pode passar de 4 anos não (é meu conselho), se não (se passar de 4 anos) fica difícil suportar os desejos, e cai mesmo – finaliza a pastora, aconselhando seus leitores a “vigiarem”.

Homem doa quase 400 litros de sangue como forma de agradecer a Deus por suas bençãos

Homem doa quase 400 litros de sangue como forma de agradecer a Deus por suas bençãosRecentemente um norte-americano completou a incrível marca de 100 galões de sangue doados ao longo de 36 anos de doação, o equivalente a cerca de 380 litros. Harold Mendenhall doou seis galões de sangue todos os anos desde 1977, e no mês passado atingiu sua meta.
Mendenhall, de Riviera Beach, na Flórida, doou mais de 400 vezes para alcançar seu objetivo nobre e altruísta iniciado em 7 de julho de 1977. Hoje com 84 anos de idade, ele afirma ter começado a doar sangue como forma de agradecer a Deus pelas bênçãos que recebeu, sobretudo por sua saúde.
Mendenhall começou a doar sangue quando sua esposa, Frankie, foi diagnosticada com câncer de mama em 77. Após a morte de sua esposa, ele também perdeu dois de seus cinco filhos: de 47 e 53 anos de idade. Agora, ele diz que continua a doar como forma de homenagear a todos eles e celebrar a sua própria saúde.
Por alguma razão, eu ainda estou aqui e eu sou grato. Essa é uma das razões pelas quais eu mantenho a doação – disse à The Palm Beach Post.
Mendenhall é bem conhecido em um hemocentro em Lake Park, na Flórida, onde ele vai para doar com frequência. No entanto, ele não doa apenas sangue, o que exigiria uma espera de 56 dias entre as doações. Ele doa plaquetas, que são mais demoradas para extrair do sangue.
Doadores de plaquetas podem doar dois litros de sangue de cada vez. As plaquetas são extraídas num processo chamado aférese que leva cerca de duas horas e, em seguida, o fluido remanescente é transferido de volta para o dador. As plaquetas geralmente vão para pacientes com cânceres no sangue, como a leucemia.
Mendenhall afirma que é a sua maneira de dar a volta, quando lhe foi dado tanto.
- Dar sangue só pode ser feito por um ser humano, de modo que tem sido o meu retorno à minha trajetória e minha boa saúde, e todas as bênçãos que eu tive – disse ele ao The Post.

sábado, 22 de junho de 2013

'Manifestações violentas procedem do coração humano, corrompido pelo pecado', afirma líder presbiteriano

protestoAs manifestações no Brasil continuam simultaneamente em várias cidades, estendendo as bandeiras de luta de redução das tarifas de meios de transporte para o combate à corrupção e gastos milionários da Copa do Mundo de 2014. As manifestações que eram inicialmente pacíficas se tornaram violentas, com forte repressão policial e atos de vandalismo por grupos isolados.

O reverendo Augustus Nicodemus Lopes, professor de exegese bíblica Centro Presbiteriano de Pós Graduação Andrew Jumper, deu um ponto de vista bíblico sobre as manifestações, que chocaram o Brasil e o mundo.
Em primeiro lugar, ele aponta que manifestações como essas não frustram o plano de Deus, apontando para Salmos 2:1-5, que descreve Deus rindo e zombando das manifestações das nações, "como se os povos pudessem com sua fúria e rebelião, frustrar os planos do Senhor".
Ainda que tais manifestações não sejam contra os Cristãos, Augustus Nicodemus destaca que em geral, as manifestações que acabavam com violência foram usadas pelos inimigos de Deus para tentar destruir a Cristo e a igreja cristã nascente. Entretanto, ele aponta que os resultados sempre concorrerarm para o avanço do Evangelho.
O reverendo afirma que tudo ainda está sob o controle de Deus, “debaixo do poder divino”, ainda que as manifestações populares pareçam um poder independente e soberano. “Através delas [das manifestações] Deus realiza seu propósito maior, que é promover a sua glória e o bem do seu povo, ainda que, no momento, não percebamos de que forma estas coisas se materializam na história”.
Além disso, o líder presbiteriano afirma que as manifestações violentas e tumultos são decorrentes das guerras e contendas que procedem do coração humano, “corrompido pelo pecado”.
“Ainda que, por causa da graça comum, existam por vezes motivos justos para estas manifestações, tais motivos são frquentemente misturados com motivações obscuras e impuras”, diz ele, citando Tiago 4:1-3.
“Elas expressam o caos espiritual que há nos corações sem Deus e a desordem social e civil que entrou na sociedade humana pelo pecado de Adão e pelo nosso próprio.”
Olhando para o lado dos governantes e autoridades, Augustus Nicodemus afirma que as autoridades são por vezes usadas por Deus para reprimir e castigar os baderneiros. Ele lembra ainda que as autoridades foram constituídas por Deus.
“Conforme Paulo nos ensina, elas são ministros de Deus para proteger os bons, castigar os maus e promover o bem da sociedade. Por isto, devem ser respeitadas, temidas e a elas devemos pagar impostos.”
Entretanto, o reverendo relembra aos cristãos que eles devem ter a obediência absoluta à Deus. “Nossa consciência está cativa à Palavra de Deus como instância última”.
Assim, em casos de conflito – “quando o Estado exige de mim aquilo que a Palavra de Deus proíbe” - o cristão deve obedecer a Deus e não aos homens, diz ele. “Pois ao colocar-se contra os valores e princípios de Deus, o Estado corrompe seu papel dado por Deus e suas leis são meras leis ‘humanas’ em contraste com as divinas”.
O reverendo vê também que a participação dos cristãos nas manifestações é legítima, desde que estas sejam ordeiras e pacíficas e que não seja para o bem da sociedade e não para o privilégio dos crentes.
Por último, ele lembra que a maneira de a igreja influenciar e mudar a sociedade é fundalmente pela pregação do Evangelho de Cristo. “Chamando governantes e governados ao arrependimento de seus pecados e conversão, pela fé, a Jesus Cristo.”

Padre afirma que jovem morto em manifestação é sinal de que Brasil ‘acordou’

O padre Edgard Sebastião Rosse, da paróquia Santo Estevão Diácono, em Ribeirão Preto, São Paulo, afirmou que a morte do estudante Marcos Delefrate, de 18 anos, durante uma manifestação na cidade, foi um sinal de que o Brasil "acordou".

“Ele representa o país que acordou, mesmo sendo fruto de uma fatalidade”, disse o padre. Marcos era frequentador da igreja e participava de um grupo de jovens da paróquia. Ele foi velado ali após ser atropelado por um motorista que invadiu a manifestação e atropelou outras onze pessoas.
Marcos e os amigos estavam em um dos protestos que ocupou mais de cem cidades brasileiras e levou cerca de um milhão de pessoas às ruas para manifestar contra a corrupção, o aumento das tarifas do transporte público, o superfaturamento de obras da Copa do Mundo, entre outros.
“Eu estava ao lado dele o tempo todo. Seguíamos manifestando por um país mais justo de forma pacífica até aparecer o motorista. Eu conseguir sair do lado do carro, mas meu amigo não”, disse Maurício de Oliveira Paulino Rosa, amigo de Marcos.
Marcos estava terminando o ensino médio e era considerado por amigos e família como um rapaz tranquilo, esforçado e inteligente. Fazia curso técnico de mecânica no SENAI e sonhava em ser fisiculturista. A família doou suas córneas.
O motorista responsável pelo atropelamento está foragido e o carro, que está registrado em nome de uma empresa, segue desaparecido.
Uma outra passeata, dessa vez em homenagem ao estudante, está marcada para a noite desta sexta-feira e seguirá o mesmo trajeto percorrido ontem. Colegas de escola e amigos de Marcos portarão cartazes com mensagens de despedidas e homenagens ao rapaz.

Homem é baleado após gritar “Alá é grande” no Muro das Lamentações

Homem é baleado após gritar “Alá é grande” no Muro das LamentaçõesUm episódio ocorrido ontem (21) na esplanada do Muro das Lamentações pode ter sérias repercussões na conturbada política do Oriente Médio. O que foi inicialmente divulgado como um ato de terrorismo agora ganha outra versão.
O local mais sagrado para o judaísmo foi “invadido” por um homem que gritava “Alá é grande” e quando tentou tirar algo do bolso foi alvejado por um segurança judeu. Ele justificou a morte dizendo temer que se tratava de um terrorista.
O fato se deu no começo da manhã nos banheiros da esplanada do Muro das Lamentações. O jornal israelense “Yedioth Ahronoth” relatou que o homem não identificado, de 45 anos, recebeu vários disparos na parte superior do corpo.  A vítima seria um judeu israelense bastante conhecido nas imediações do Muro das Lamentações, onde costumava passar muitas horas do dia.
Uma testemunha disse ao site Ynet: “Eu o conhecia há três anos. Ele sempre passeava por ali, protestando contra o governo. Hoje de manhã estava sentado, lendo o jornal, como fazia todos os dias”.
Ao redor do Muro das Lamentações existem muitos moradores de rua que costumam pedir dinheiro aos peregrinos locais e estrangeiros que visitam o lugar. Muitos deles fazendo profecias sobre a chegada do messias ou entoam passagens da Bíblia.
O porta-voz da polícia israelense, Miki Rosenfeld, disse que estão investigando o caso para esclarecer “os motivos que levaram o vigilante a atirar” sem ignorar a questão religiosa. “Alá é Grande” é uma das declarações fundamentais do islamismo e uma espécie de “grito de guerra” em atentados terroristas. Caso se confirme que o homem morto era, de fato, muçulmano, teme-se que ocorra uma nova intifada, como a de 2011 quando um judeu entrou no “domo da Rocha”, local sagrado para os muçulmanos.
As autoridades disseram que irão ficar atentas para que mais incidentes do tipo não se repitam no Muro das Lamentações. O local tem testemunhado vários conflitos recentemente por causa de grupos de mulheres que desejam orar ali e de radicais ultra ortodoxos que desejam impedi-las. Com informações Heraldo.es.

Pesquisa revela que jovem brasileiro confia mais em Deus do que no governo

Pesquisa revela que jovem brasileiro confia mais em Deus do que no governoUma pesquisa feita pelo instituto Data Popular antes do início das manifestações mostra que os jovens brasileiros acreditam que o esforço pessoal influencia mais na busca por uma conquista do que a fé.
Essas são conclusões da pesquisa “O novo poder jovem”, que entrevistou 1.502 jovens. O público pesquisado – jovens entre 18 a 30 anos – representa 42 milhões de eleitores, ou 33% do total.
Entre os participantes da pesquisa, 53% afirmaram confiar que suas conquistas serão fruto de seu esforço pessoal, enquanto que 31% disseram acreditar que Deus pode ajudá-los, seguidos de 11% que confia na ajuda da família e apenas 2% que diz ter esperança que ações do governo facilitem as coisas para subir na vida.
O relatório da pesquisa aponta que 65% dos jovens disseram que é possível melhorar a política brasileira através do voto. Segundo Renato Meirelles, presidente do instituto Data Popular, os jovens tem percebido que muita coisa na vida e na sociedade depende de esforço e responsabilidade: “Há um anseio de assumir para si essa insatisfação, de ser protagonista da própria história, mas fazendo isso por meio das urnas”.
Sobre as diferentes esferas de governo, 75% dos entrevistados disseram não confiar nos parlamentares, e 59% revelaram desconfiança com a Justiça, informou o G1.
“O que estamos vendo nas ruas tem a ver com essa grande crise de representatividade pela qual os jovens brasileiros estão passando. Pelo que vimos na pesquisa, ele têm a sensação de que não estão – ou no caso, não estavam – sendo ouvidos”, avalia Meirelles.

Estudiosos explicam porque a fé faz bem à saúde

Estudiosos explicam porque a fé faz bem à saúdeDiversas pesquisas atestam que a fé, independente da religião, oferece benefícios à saúde, dizendo até que as pessoas religiosas têm menos doenças como depressão, ansiedade, problemas cardíacos e outros.
Em entrevista ao portal Mulher do UOL, especialistas explicam porque quem tem fé vive melhor e consegue ter equilíbrio para superar seus problemas. Entre os entrevistados está o filósofo e professor da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), Jorge Claudio Ribeiro, que justifica o resultado dessas pesquisas dizendo que quem crê consegue se recuperar mais rápido diante das dificuldades.
“Enquanto a pessoa que não acredita em nada tem mais chances de se desesperar diante de uma dificuldade”, disse ele. Ribeiro também fala que a conexão com uma força maior produz um sentimento de segurança e conforto.
O teólogo e chanceler da Universidade Presbiteriana Mackenzie, David Charles, também falou com a reportagem do UOL dizendo que “ter fé é assumir um compromisso pessoal com uma determinada visão de mundo”. Esse compromisso só pode ser assumido “quando se consegue atribuir verdade e valor ao conjunto de princípios que ela expressa”.
“É interessante que a experiência em que se está investindo apresente subsídios que poderão ser usados no dia a dia. Ou seja, o que se aprende no templo precisa fazer sentido no mundo lá fora”, diz.
Entre as ferramentas que podem ser usadas para o desenvolvimento da espiritualidade estão leituras diversas, orações, meditação e até mesmo a música, como explica o pesquisador do Centro de Estudos em Medicina Comportamental da UNIFESP, Ricardo Monezi. “A religião e a religiosidade, que é a prática e a vivência da religião, são ferramentas que o ser humano pode usar para desenvolver a espiritualidade”.

Ciencia

Ciencia